TRE-RS busca 1.516 mesários faltando menos de três semanas para eleições

Faltando menos de três semanas para as eleições municipais, o TRE do Rio Grande do Sul ainda precisa convocar mais de 1.500 mesários. Os convocados que trabalharão no pleito podem ser chamados até o dia da eleição.

As eleições municipais ocorrem no feriado de 15 de novembro. Mais de 100 mil pessoas vão exercer a cidadania e trabalharão como mesárias e assistentes no dia do pleito no Rio Grande do Sul. Mas nem sempre a Justiça Eleitoral consegue selecionar todos esses eleitores. Faltando menos de três semanas para as votações, 1.516 mesários ainda precisam ser convocados no estado gaúcho. O momento de pandemia é um agravante para a dificuldade de completar essa carência.

“Um caminho é não encontrar o eleitor que acontece em um número bastante razoável de convocações. Outra situação é ao convocar o eleitor, ele apresente alguma situação de doença, algum compromisso, que impeça de ser mesário, então acaba que tem que ser dispensado esse mesário”, explicou o secretário de TI do TRE-RS, Daniel Wobeto.

A Nathalia será mesária voluntária pela segunda eleição seguida. Ela tem 28 anos e mora sozinha, em Sapiranga. Fora do grupo de risco, decidiu se candidatar de novo como forma de cidadania. “Como eu trabalhei na eleição passada como voluntária, eu meio que me sinto obrigada a trabalhar nessa. Mas se fosse o primeiro ano, eu acho que eu não teria optado por me voluntariar, eu ficaria um pouco mais receosa”, revelou a mesária voluntária, Nathalia Valle.

Os cidadãos ainda podem ser convocados até o dia da eleição por e-mail, correio ou telefone. Até mesmo no dia da votação, existem nomes reservas que devem ser chamados às pressas para substituir um membro ausente da zona eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *