Veja quem são os deputados federais do Rio Grande do Sul que tomaram posse na sexta

Os 31 deputados federais eleitos no Rio Grande do Sul tomaram posse na sexta-feira (1º) na Câmara Federal, em Brasília (DF). A bancada gaúcha é composta por 28 homens e três mulheres.

As vagas de três deputados serão ocupadas pelos suplentes. São elas as de Onyx Lorenzoni (DEM) e Osmar Terra, porque são os ministros da Casa Civil e da Cidadania, respectivamente, e a de Covatti Filho (PP), que é o secretário de Agricultura do governo Eduardo Leite (PSDB).

Veja quem são os deputados:

Marcel van Hattem, 33 anos, Novo; Onyx Lorenzoni, 64 anos, DEM (assume a vaga o suplente Marcelo Brum, do PSL); Giovani Cherini, 58 anos, PR; Paulo Pimenta, 53 anos, PT; Dionilso Marcon, 54 anos, PT; Marlon Santos, 43 anos, PDT; Lucas Redecker, 37 anos, PSDB; Fernanda Melchionna, 34 anos, PSOL; Heitor Schuch, 56 anos, PSB; Henrique Júnior, 59 anos, PT; Carlos Gomes, 46 anos, PRB; Bohn Gass, 56 anos, PT; Danrlei de Deus Goleiro, 45 anos, PSD; Covatti Filho, 31 anos, PP (assume a vaga o suplente Ronaldo Santini, PTB); Márcio Biolchi, 39 anos, MDB; Alceu Moreira, 64 anos, MDB; Afonso Hamm, 52 anos, PP; Maria do Rosário, 52 anos, PT; Pedro Westphalen, 68 anos, PP; Giovani Feltes, 61 anos, MDB; Bibo Nunes, 62 anos, PSL; Gerônimo Goergen, 43 anos, PP; Sanderson Federal, 49 anos, PSL; Osmar Terra, 68 anos, MDB (assume a vaga o suplente Darcísio Perondi, do MDB); Maurício Dziedricki, 39 anos, PTB; Pompeo de Mattos, 60 anos, PDT; Daniel da TV, 33 anos, PSDB; Marcelo Moraes, 39 anos, PTB; Afonso Motta, 69 anos, PDT; Liziane Bayer, 38 anos, PSB; Nereu Crispin, 55 anos, PSL.

Presidência

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito nesta sexta-feira (1º) presidente da Câmara por mais dois anos. Esta é a terceira eleição consecutiva que ele vence para comandar a Casa. O mandato como presidente vai até 31 de janeiro de 2021.

Na votação, Maia recebeu 334 votos, 77 a mais que o necessário para se eleger no primeiro turno. Em 2017, quando se elegeu presidente pela segunda vez, o deputado do DEM recebeu 293 votos.

A votação obtida por Rodrigo Maia foi a maior em primeiro turno desde 2011, quando Marco Maia (PT-RS) foi eleito presidente da Câmara. Naquele ano, o deputado gaúcho conquistou 375 votos. Em 2009, o ex-presidente Michel Temer (MDB-SP) foi eleito com 304 votos. Em 2013, Henrique Alves (MDB-RN), se elegeu em primeiro turno com 271 votos. Eduardo Cunha (MDB-RJ), também eleito no primeiro turno em 2015,recebeu 267 votos.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *