Vereadores de Porto Alegre rejeitam pedido de impeachment contra Nelson Marchezan Júnior

O pedido de impeachtment contra o prefeito Nelson Marchezan Júnior foi rejeitado na Câmara de Vereadores , nesta segunda-feira (1º). Nenhum vereador votou a favor da solicitação para que Marchezan deixasse o cargo, oito se abstiveram e 26 votaram pela permanência do prefeito da capital no posto.

Na última semana, o cobrador de ônibus Gerson Luis de Ávila Assis, filiado ao PC do B, protocolou o pedido junto à presidente do Legislativo municipal, Monica Leal. Após, a vereadora encaminhou o documento para análise da Procuradoria-Geral da Câmara, para verificação da fundamentação legal. A última instância foi o plenário.

O cidadão apontou, na solicitação, algumas motivações específicas, como prevaricação e crimes contra a liberdade, a Constituição Federal e a economia popular. Ele ainda questionava o cumprimento, po Executivo municipal, das normas de transporte público.

Esse foi o terceiro pedido de impeachment contra Marchezan. Os outros dois foram feitos quando comandavam a Casa os vereadores Cássio Trogildo (PTB), em 2017, e Valter Nagelstein (MDB), em 2018.

A assessoria de Comunicação da prefeitura foi contatada e disse que o órgão não irá se manifestar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *