Domingo, 05 de dezembro de 2021

loader

Aguirre projeta time contra o Corinthians e diz não saber sobre Bruno Méndez forçar o terceiro cartão amarelo

Diante do Bragantino, o Inter deixou escapar dois pontos preciosos. O time do técnico Diego Aguirre levou o empate aos 49 minutos do segundo tempo e caso tivesse vencido, teria ultrapassado o próprio clube de Bragança Paulista e consolidado sua posição dentro do G-6. Após a partida, o comandante colorado falou em entrevista coletiva.

Aguirre demonstrou decepcionado ao não ter conseguido evitar o empate no Beira-Rio, para o treinador, apesar da conquista de um ponto, foi sentido pelo grupo de jogadores como se fosse uma derrota. Porém, o uruguaio contrapôs: “Estamos no G-6, isto é algo bom. Em outro momento podemos comemorar, mas agora não. Queríamos manter a sequência, ter a sexta vitória seguida no Beira-Rio”.

Gabriel Mercado acabou ficando no banco de reservas. O argentino deu espaço para que Kaique Rocha fizesse sua estreia com a camisa colorada. Aguirre explicou a sua escolha: “As decisões não são somente futebolísticas. As vezes também são do departamento médico, comissão. Temos uma sequência de muitos jogos seguidos e temos que tomar decisões diferentes”.

O desempenho do jovem Kaique neste primeiro momento foi satisfatório. Com isso, o jogador se torna mais uma opção para Diego Aguirre na zaga colorada. Sobre o assunto, o treinador respondeu: “São opções muitos boas, não dores de cabeça. Fico muito feliz pelo bom desempenho de nossos jogadores. Temos algumas horas para pensar, e veremos como nossos jogadores vão estar amanhã”.

Na partida, Bruno Méndez acabou forçando para levar o terceiro amarelo ao invadir o gramado após o gol de Maurício. O argentino já não poderia enfrentar o Corinthians no domingo por estar emprestado pelo clube paulista. Apesar disso, Aguirre comentou não ter conhecimento da situação e que não foi planejado o zagueiro levar o cartão. Sobre Yuri Alberto ser o único centroavante disponível e estar pendurado, o uruguaio respondeu: “Nós, obviamente, teremos alguma solução. Caso aconteça algo, vocês irão ver”.

Para enfrentar os corinthianos no domingo, Aguirre ressaltou ter a possibilidade do retorno de Rodrigo Dourado. Ao longo do confronto contra o Bragantino, o treinador aproveitou para descansar alguns jogadores enquanto ainda estava vencendo. “Quando você troca alguns jogadores, é por necessidade. Então é normal que o rendimento não seja o mesmo. Às vezes a necessidade da equipe está acima das pessoais”, falou o técnico sobre o tema.

Completando, o treinador uruguaio foi questionado sobre ter vencido apenas duas vezes os adversários que estão a frente do Inter na tabela do Campeonato Brasileiro. Aguirre definiu: “Os times de cima são os mais difíceis, que estão em melhor situação na tabela. É lógico que quando você enfrenta esses clubes, terá mais dificuldade. O mais importante é olhar para a tabela e ver que estamos próximos de nosso objetivo”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Inter

Papaléo elogia entrega de time colorado mesmo com desfalques contra o Bragantino
Inter x Corinthians: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play