Domingo, 05 de dezembro de 2021

loader

Alinhado com projeto nacional de Jair Bolsonaro, PL recebe o presidente na terça-feira

O presidente Jair Bolsonaro conseguiu resolver o impasse em São Paulo, onde considerava imprescindível ter candidatos ao governo e ao Senado alinhados com o projeto da candidatura nacional. O PL cedeu, abandonou João Dória e vai aceitar a pré-candidatura do ministro Tarcísio de Freitas (da Infraestrutura) ao governo de São Paulo e o ex-titular do Meio Ambiente Ricardo Salles para o Senado.

Esse e outros impasses foram resolvidos e Bolsonaro acertou com o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, a filiação à legenda 22 na próxima terça-feira (30), às 10h30min, em Brasília.

Aeronautas em greve

Um fato novo que preocupa: a decisão anunciada pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas de que pilotos e comissários de voo entrarão em greve na primeira hora de segunda-feira (29), por tempo indeterminado e em todo o País, conforme decidido em assembleia realizada na quarta-feira.

A paralisação será de 50% dos tripulantes por dia, enquanto os outros 50% permanecerão em serviço. O Sindicato atribui a decisão à “intransigência das companhias aéreas nas negociações para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho [CCT]”.

STF governa e fulmina lei de Rondônia

A Assembléia Legislativa de Rondônia aprovou projeto do deputado Eyder Brasil (PSL) definindo, com base na Constituição Federal, que “a Língua Portuguesa é o idioma oficial do Brasil”, vedando no Estado o uso da aberração que significa a chamada “linguagem neutra”.

Com a habitual agilidade em casos como este, o ministro Edson Fachin, do STF (a Côrte que já governa o País sob a forma de Poder Moderador, segundo o ministro Dias Toffoli), suspendeu a lei de Rondônia que proíbe a “linguagem neutra” na grade curricular e no material didático de instituições locais de ensino, públicas ou privadas, e em editais de concursos públicos.

A decisão liminar foi tomada nos autos da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) nº 7.019 e será submetida a referendo do plenário.

Primeira reunião do novo PL

Os presidentes do PL, deputado Giovani Cherini, e do Democratas, Rodrigo Lorenzoni reuniram-se ontem em Porto Alegre com o ministro do Trabalho e pré-candidato ao governo do Estado Onyx Lorenzoni, e lideranças dos dois partidos, além de lideres do PSL. Foi a primeira reunião de trabalho para definir a participação harmônica dos lideres dos três partidos, que passarão a trabalhar sob o guarda-chuva do PL.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

PSDB quer governar o Brasil, mas não consegue gerir uma prévia com 47 mil filiados
O especialista
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play