Domingo, 16 de junho de 2024

Após Amber Heard, Johnny Depp também recorre de decisão de tribunal

O ator americano Johnny Depp entrou com um recurso no processo de difamação movido por Amber Heard, um dia após sua ex-mulher ter feito o mesmo. Heard recorreu, na quinta-feira (21), da decisão final do processo multimilionário que a condenou por difamação contra o ator de Piratas do Caribe.

Após seis semanas de julgamento, o ator foi condenado a pagar US$ 2 milhões para Amber Heard por declarações difamatórias. Já a atriz, deve indenizar Depp em US$ 10 milhões.

“O autor e o réu John C. Depp II, através de seu advogado, apela para o tribunal de apelações da Virgínia de todas as decisões adversas e da ordem de julgamento final deste tribunal de circuito emitido em 24 de junho de 2022”, dizem os documentos entregues ao tribunal de Fairfax, no estado da Vírginia.

Na última quinta, os advogados de Heard haviam interposto recurso alegando que erros teriam sido cometidos durante o julgamento e, por isso, ele deveria ser anulado.

“O júri ouviu as extensas evidências apresentadas durante o julgamento de seis semanas e chegou a um veredicto claro e unânime de que a própria acusada difamou Depp, em várias instâncias. Continuamos confiantes no nosso caso, este veredicto permanecerá”, disse a defesa de Depp em nota enviada ao site americano Deadline.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Felipe Araújo sobre jogar bola com amigo Neymar: “Tomar olé, claro”
Manu Gavassi fala sobre novo tom de voz, explante de silicone e transição capilar
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play