Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

loader

Após polêmicas, árbitros brasileiros começam a treinar na Granja Comary a partir desta sexta

Os árbitros que vão atuar nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro ficarão concentrados na Granja Comary até o final da competição, prevista para encerrar no dia 9. A partir desta sexta-feira (19), 74 árbitros, assistentes e árbitros de vídeo vão começar a se preparar no centro de treinamento da Seleção, em Teresópolis. Neste período, eles farão atividades práticas nos campos da Granja e teóricas nas instalações da CBF Academy.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou nesta quinta os 19 árbitros escolhidos para trabalhar nas rodadas decisivas.

São eles: Anderson Daronco (FIFA-RS); Alisson Furtado (CBF-TO); Braulio Machado (FIFA-SC); Bruno Arleu de Araújo (FIFA-RJ); Caio Max (CBF-RN); Felipe Lima (CBF-MG); Flávio Souza (FIFA-SP); Leandro Vuaden (CBF-RS); Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP); Marcelo Henrique de Lima (CBF-RJ); Marielson Silva (CBF-BA); Paulo Roberto Alves (CBF-PR); Paulo Zanovelli (CBF-MG); Ramon Abati (CBF-SC); Raphael Claus (FIFA-SP); Rodolpho Toski (FIFA-PR); Sávio Pereira Sampaio (CBF-GO); Wagner Magalhães (FIFA-RJ) e Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)

A concentração dos árbitros na serra fluminense é uma decisão do presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues. Na semana passada, o dirigente decidiu intervir na Comissão de Arbitragem e demitiu Leonardo Gaciba, que comandava o órgão.

Rodrigues pretendia desfazer a atual comissão no final da temporada atual, mas decidiu antecipar a decisão após a série de erros da arbitragem nas últimas rodadas.

A polêmica arbitragem de Vinicius Gonçalves Dias Araújo em Flamengo x Bahia, na semana passada, no Maracanã, antecipou a mudança. O árbitro marcou um pênalti para o Rubro-Negro depois que a bola tocou no peito do zagueiro Conti, do Tricolor baiano. Ele manteve a decisão mesmo depois de ver as imagens no monitor.

Na reta final do Brasileiro, Alício Pena Júnior comandará interinamente a comissão. Os escolhidos pela CBF ficarão concentrados no CT até o final da temporada. Eles só deixarão a Granja para atuarem nas partidas e retornarão no dia seguinte. Pelo planejamento da CBF, eles serão avaliados individualmente pelos integrantes da comissão após cada rodada

“A CBF e a Comissão de Arbitragem têm feito todos os esforços para dar as melhores condições de trabalho para a arbitragem brasileira. Ter os árbitros concentrados, distantes de polêmicas, compartilhando informações e podendo focar apenas no trabalho e na própria evolução será fundamental para aumentar ainda mais o nível de acertos nesta reta final de temporada”, afirmou Rodrigues.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Com 47 pontos, Inter precisa de campanha bastante consistente para conseguir uma vaga direta na Libertadores de 2022
Ministro da Economia diz que árabes vão comprar dois times de futebol no Brasil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play