Sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Argentino condenado por estuprar criança de 9 anos é preso no Rio

Um argentino condenado por abusar sexualmente de uma criança de 9 anos e que era procurado pela Interpol foi preso no Rio de Janeiro. O homem, que trabalhava no Brasil como cozinheiro, foi localizado pelos agentes da Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Barra da Tijuca.

De acordo com a PF, o nome do preso constava na lista de Difusão Vermelha da Interpol por solicitação da Justiça da Argentina. Com base nas informações fornecidas, foi formulado o pedido de prisão preventiva para fins de extradição pelo Escritório Central Nacional da Interpol, em Brasília.

Um mandado de prisão específico foi, então, expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), como de praxe em casos semelhantes. Ainda segundo a PF, o estrangeiro será, agora, encaminhado ao sistema prisional do estado do Rio de Janeiro, onde aguardará a extradição definitiva para a Argentina.

A prisão foi realizada por policiais federais do Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol/PF/RJ) e do Núcleo de Capturas Internacionais da Polícia Federal (Nucint/Interpol/PF), bem como da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A identidade do argentino não foi divulgada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Brasil registra quase 58 mil novos casos e 353 óbitos por covid, diz Ministério da Saúde
Diretor é condenado por estuprar crianças em espaço de recreação infantil no litoral de Santa Catarina
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play