Segunda-feira, 17 de junho de 2024

BR-386: obras emergenciais nas pontes entre Lajeado e Estrela alcançam reta final

Desde o início de maio, equipes da CCR ViaSul seguem realizando obras e serviços para restabelecer o tráfego na BR-386, principal rodovia que liga o interior do Rio Grande do Sul à Região Metropolitana e que é responsável pelo transporte de mais da metade da produção do estado.

Entre os maiores desafios está a liberação do fluxo em uma das pistas na ponte do Rio Taquari, no km 350 em Estrela (RS) e sobre a ponte seca, no km 349, em Lajeado (RS). Para que a liberação pudesse ser feita em tempo recorde e em caráter emergencial, foi necessária a execução de serviços de preenchimento de terrapleno com brita drenante, limpeza dos resíduos sobre faixa de rolamento, aplicação de material fresado e sinalização provisória da via com cones.

Após a conclusão dos trabalhos iniciais, a nova etapa das obras busca a recomposição de todas as camadas do pavimento, desde a aplicação dos materiais de base até a colocação da massa asfáltica. Depois, será implantada a sinalização como último passo até a liberação do tráfego de veículos.

Em paralelo, outras equipes atuam na recuperação e no reforço das estruturas atingidas pelas enchentes. A ponte seca, a ponte sobre o Rio Taquari e a ponte sobre o Arroio Boa Vista continuam passando por avaliações constantes e monitoramento pelas equipes especializadas. As avaliações realizadas foram fundamentais para a liberação do trânsito, mas também exigiram o bloqueio por alguns momentos, o que ainda deve acontecer até que todas as ações sejam concluídas, sem prazo definido.

Ponte seca ainda passa por vistorias e monitoramento pelas equipes especializadas (Foto: Divulgação/CCR ViaSul)

A CCR ViaSul estima que até a próxima terça-feira (28) o tráfego na região seja totalmente liberado entre a ponte seca e a ponte do Rio Taquari (do km 349 ao km 350), em ambos os sentidos da BR-386. Ainda assim, poderá haver um novo bloqueio para a realização de serviços complementares. No entanto, os bloqueios devem ocorrer em períodos em que o fluxo de circulação de veículos não é tão intenso, como em finais de semana ou à noite.

A orientação aos motoristas para que respeitem os limites de velocidade de até 40km/h permanece válida em todos os locais, bem como a sinalização implantada, uma vez que os pontos ainda passam por obras, com a presença de operários e máquinas nas proximidades das pistas.

Mais de 100 trabalhadores e 60 máquinas atuam no restabelecimento das condições ideais de segurança e tráfego. Todas as intervenções nas estruturas da região têm investimento previsto de aproximadamente R$ 43 milhões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Abrigos e instituições já estão recebendo doações pela plataforma Solidariedade RS
Segunda via da CNH gratuita para atingidos pelas enchentes já está disponível no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play