Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Brasil cai para Cuba no tie-break e perde a primeira na Liga das Nações

Depois de estrear na Liga das Nações Masculina com vitórias sobre Alemanha e Argentina, a Seleção de Vôlei do Brasil sofreu a sua primeira derrota na competição. Neste sábado, a seleção do técnico Renan Dal Zotto travou uma batalha épica contra Cuba e acabou derrotada por 3 sets a 2 (25/16, 22/25, 27/29, 25/22 e 20/18). O time verde-amarelo faz o seu último jogo da primeira semana da Liga das Nações neste domingo, às 15h30, contra os EUA. O sportv2 transmite.

Brasil 2 x 3 Cuba | Melhores momentos | Liga das nações de vôlei 2023

+ Confira a tabela da Liga das Nações

Depois disso, a competição retorna no dia 20 em Paris com a segunda semana de jogos. A fase final acontece em Gdansk, na Polônia, de 19 a 23 de julho.

Brasil e Cuba fizeram jogo dramático em Ottawa — Foto: Divulgação/FIVB
Brasil e Cuba fizeram jogo dramático em Ottawa — Foto: Divulgação/FIVB

Cuba na frente
O jogo começou equilibrado com as duas equipes virando as suas bolas. Num bloqueio de Javier Concepcion, Cuba abriu dois pontos pela primeira vez: 8 a 6. No lance seguinte, Yant anotou mais um ponto para os cubanos, obrigando Renan Dal Zotto a parar o jogo. Mesmo com a parada, o Brasil seguiu sendo dominado. Concepcion fez 11 a 8 numa bola de meio. Pouco depois, Lucarelli ficou no bloqueio, e a diferença foi a cinco pontos – 14 a 9.

Sem forças para reagir, o Brasil viu Cuba chegar a 20 a 14 num toque brasileiro na rede. A partir de então, coube à seleção caribenha apenas administrar o resultado até fechar o set em 25 a 16. O ponto decisivo foi marcado num ace de Herrera.

Oposto cubano começou o jogo inspirado – Brasil 2 x 4 Cuba – Liga das Nações de Vôlei

Brasil empata
O Brasil voltou melhor para o segundo set, abrindo 6 a 3. Minutos depois, Flávio subiu num bloqueio triplo para fazer 10 a 5. O lance foi a senha para a seleção cubana reagir. Tanto que os brasileiros só voltaram a pontuar quando Abouba fez 11 a 9. Num ponto de Pedroso, Cuba voltou a ficar a um ponto do empate: 14 a 13. O Brasil sentiu e levou o ace – 14 a 14 – no lance seguinte com Miguel Lopez.

Com o set em aberto, os dois times passaram a ficar nervosos, errando muitos saques e ataques. Até que Lucarelli colocou a bola no chão num momento importante, fazendo 20 a 19 para o time verde-amarelo. O lance embalou o Brasil, que foi com tudo em busca da vitória no set e conseguiu pelo placar de 25 a 22.

Brasileiros chegaram a estar vencendo por 2 a 1 — Foto: Divulgação/FIVB
Brasileiros chegaram a estar vencendo por 2 a 1 — Foto: Divulgação/FIVB

Virada em set longo
O terceiro set se iniciou com o Brasil levemente superior. Liderando o placar nos primeiros pontos, a seleção fez 8 a 6 num ataque de Abouba pela direita. Minutos depois foi a vez de Honorato colocar a bola no chão e marcar 11 a 8. A seleção cubana só foi empatar quando Concepcion fez 17 a 17 num belo ace. O Brasil respondeu fazendo 21 a 20 num ataque de Honorato. Adminstrando uma pequena vantagem, a seleção brasileira conseguiu o set point ao marcar 24 a 23. O ponto final, porém, veio num bloqueio de Flávio, que fechou em 29 a 27.

Cuba empata
O Brasil voltou desatento para o quarto set. Errando muito, o time verde-amarelo viu o rival abrir 5 a 1. Minutos depois, Honorato sacou para fora, e Cuba fez 10 a 6. O Brasil não se abalou, cortando a diferença para um ponto num bloqueio de Otávio em Concepcion: 12 a 11. A reação no entanto, parou por aí. Numa largadinha de Yant, Cuba fez 20 a 16, encaminhando a vitória no set. Sem forças para buscar a virada, os brasileiros viram os cubanos fecharem a parcial em 25 a 22, forçando o tie-break.

Concepcion marca na linha e alcança 10 pontos – 3º set – Brasil 17 x 17 Cuba

Tie-break dramático
Veio o quinto set, e o jogo seguiu dramático e equilibrado. Pedroso bloqueou Honorato e fez 4 a 2 para Cuba. Pouco depois, Flávio igualou em 4 a 4 numa bola rápida. O Brasil, no entanto, voltou a se complicar depois que Abouba errou um ataque, e os cubanos fizeram 7 a 4. Para piorar ainda mais a situação, Lucarelli foi bloqueado por Concepcion, que deixou os cubanos a cinco pontos da vitória: 10 a 6. O Brasil não desistiu do jogo, conseguindo o empate em 12 a 12. Só que Cuba foi melhor nos momentos decisivos, vencendo o quinto set por 20 a 18. O ponto da vitória saiu num belo ace de Herrera.

Brasil: Adriano, Abouba, Otávio, Flávio, Bruninho e Lucarelli. Líbero: Maique. Entraram: Cachopa, Honorato, Alan, Judson e Arthur Bento.Técnico: Renan Dal Zotto.

Cuba: Miguel Lopez, Jesus Herrera, Javier Concepcion, Endriel Pedroso, Lyvan Taboada e Marlon Yant. Líbero: Garcia Roman. Entraram: Miguel Gutierrez. Técnico: Nicolas Coffigny.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Sem categoria

Mais de 43 milhões já se vacinaram contra gripe no Brasil
Justiça de São Paulo descarta tortura em caso de homem amarrado por cordas
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play