Sexta-feira, 19 de julho de 2024

Brigada Militar prende 25 pessoas no segundo turno das eleições no Rio Grande do Sul

Estruturado para monitorar o andamento das eleições no Rio Grande do Sul, o Gabinete de Crise da Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que 46 ocorrências policiais foram registradas no segundo turno, realizado no domingo (30). A Brigada Militar prendeu 25 pessoas por crimes diversos.

“Foi um pleito tranquilo. Focamos na prevenção da segurança dos eleitores”, afirmou o secretário Vanius Cesar Santarosa.

Entre as ocorrências, foram registrados, conforme o Gabinete de Crise, nove casos de boca de urna, dois de ameaça, três de transporte de eleitores e um de divulgação de bandeira partidária. Também foram arrolados dois crimes eleitorais por propaganda irregular e um crime eleitoral por finalização de voto indevido.

Além disso, foram constatados um caso de divulgação de voto, dois casos de dano/depredação, quatro de porte ilegal de armas, dois de lesão corporal, cinco de vias de fato, um de desordem, um furto de celular, quatro ocorrências por apreensão de objeto, uma por desobediência e três por desacato.

Por parte dos bombeiros, foram registrados dois atendimentos por mal súbito e dois por incêndio.

A operação para garantir a segurança nas eleições no Estado contou com 16.304 policiais militares, 650 policiais civis, 583 bombeiros e 131 servidores do Instituto-Geral de Perícias.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Presidente dos Estados Unidos parabeniza Lula e diz que pretende “trabalhar junto” com o petista
Prefeito de Porto Alegre afirma que os interesses comuns devem ser colocados “acima de quaisquer bandeiras”
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play