Sexta-feira, 01 de julho de 2022

loader

Cai o tempo médio para a abertura de empresas no Brasil

O tempo médio para a abertura de uma empresa no Brasil atualmente é três vezes menor do que no início de 2019, ficando em menos de dois dias. Em 2019, o prazo médio era de cinco dias e nove horas e, hoje, está em 47 horas. Os dados constam na plataforma Governo Digital, ligada ao Ministério da Economia.

Segundo a plataforma, a redução se deve a medidas de simplificação, à integração digital entre as 27 juntas comerciais e adesão à plataforma Gov.BR. Os dados mostram que, atualmente, 23 das 27 juntas comerciais já usam a assinatura do Gov.BR para a formalização dos novos negócios. A medida, entre outros pontos, ajuda a reduzir tempo e custos, uma vez que não é mais necessário despender recursos com reconhecimento de firma ou com certificado digital para abrir ou alterar os registros de uma empresa.

Dados do boletim Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, revelam que, no segundo quadrimestre deste ano, foram abertas no Brasil 1.420.782 empresas, o que representa aumento de 1,9% em relação ao primeiro quadrimestre de 2021 e de 26,5% na comparação com o segundo quadrimestre de 2020. O boletim mostra ainda que 328 mil empresas foram abertas em setembro deste ano, já com a redução do tempo.

“O tempo médio de abertura de empresas no País apresentou gradativa redução nos últimos meses, reflexo dos avanços obtidos pelos órgãos federais, estaduais e municipais, objetivando um processo de abertura de empresas mais simples e ágil. Os recordes em registro de novas empresas reforçam, cada vez mais, a opção do brasileiro pelo empreendedorismo e criação de novos negócios”, diz o boletim.

Segundo o governo federal, em três das 27 unidades federativas brasileiras já se abre uma empresa em menos de 24 horas, em média: Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal. Das três, Goiás apresentou o menor tempo de abertura de empresas no segundo quadrimestre deste ano: um dia e duas horas, uma queda de 16 horas (38,1%) em relação ao primeiro quadrimestre de 2021.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Lei amplia de oito para dez anos a vida útil dos táxis de Porto Alegre
EUA detalham como será entrada de viajantes; menores de 18 não precisarão de vacina contra a Covid
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play