Sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Cai para quatro o número de candidatos para substituir Boris Johnson como primeiro-ministro

Rishi Sunak, ex-ministro britânico das Finanças, manteve nesta segunda-feira (18) a liderança na disputa para se tornar o próximo primeiro-ministro do Reino Unido. Com a saída de mais um candidato, diminuiu para quatro o número de postulantes na briga para substituir Boris Johnson.

Sunak recebeu 115 votos na terceira votação entre parlamentares conservadores, e está à frente da ex-ministra da Defesa Penny Mordaunt, com 82, e da ex-secretária de Relações Exteriores Liz Truss, com 71.

Desde que Johnson informou que renunciaria ao cargo neste mês após seu governo, marcado por escândalos, perder o apoio de muitos do Partido Conservador, a corrida para substituí-lo tem se acirrando, com rivais disparando contra o líder Sunak.

O ex-ministro enfrenta críticas daqueles que querem que a decisão fique entre Truss e Mordaunt, atualmente na pasta do Comércio, em relação ao seu histórico no governo e à riqueza de sua esposa.

O diretor do Comitê de Assuntos Exteriores, Tom Tugendhat, um crítico de Johnson que nunca ocupou um cargo no governo, foi eliminado da disputa após ficar com o menor número de votos, 31.

A ex-ministra da Igualdade Kemi Badenoch ficou em quarto na votação, com 58 votos.

Os 358 parlamentares do Partido Conservador irão afunilar a disputa para dois candidatos nesta semana, promovendo votações que eliminarão o candidato com menos escolhido em cada uma delas. Os resultados da próxima votação são esperados para esta terça-feira (19).

Um novo primeiro-ministro será anunciado em 5 de setembro, após os 200 mil membros do Partido Conservador votarem por correio durante os próximos meses.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Inep divulga resultado da reanálise de diplomas reprovados no Revalida
Lapa, no Centro do Rio, tem tumulto após operação policial que deixou um morto
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play