Terça-feira, 25 de junho de 2024

Cidade brasileira com mais homens tem 4 para cada mulher

“A cidade dos homens”, Balbinos, no interior de São Paulo, é o município com a maior proporção de moradores do sexo masculino em relação a mulheres do Brasil. Segundo dados do Censo Demográfico 2022, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) nesta sexta-feira (27), são 443,64 homens para cada grupo de 100 mulheres.

O que chama atenção na cidade é a população carcerária. A maioria desses homens cumprem penas nas duas penitenciárias masculinas que foram inauguradas na cidade em 2006 e possuem presos em regime fechado. O número de detentos, inclusive, é maior do que o de moradores.

De acordo com dados disponíveis no site da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), são 1.106 detentos na Penitenciária I e outros 1.234 na Penitenciária II, números atualizados no dia 25 de outubro.

A população total da cidade é de, segundo o Censo 2022, 3.887 habitantes. Ou seja, tirando a população carcerária que é de 2.340 pessoas, os moradores da cidade somam pouco mais de 1,5 mil (1.547).

No Censo anterior, realizado em 2010, essa proporção maior de homens em relação às mulheres já era uma realidade, quatro anos depois da inauguração das penitenciárias. Na época, a população carcerária correspondia a mais de 80% dos habitantes.

Outro caso semelhante é o de Lavínia, na região noroeste do estado de SP, onde a proporção de homens é de 283,63 para cada 100 mulheres. Na cidade, que é a segunda no ranking, são três penitenciárias masculinas, com uma população carcerária de 4.140 homens.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

As dez cidades com maior proporção de homens no Brasil
Taxação dos “super-ricos”: Veja quem são os 12 deputados federais do partido de Bolsonaro que votaram com o governo Lula
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play