Terça-feira, 05 de julho de 2022

loader

Claudia Lira volta aos palcos e celebra recuperação

Claudia Lira, 55 anos de idade, está na contagem regressiva para voltar aos palcos depois de viver um drama pessoal em 2020. Envolvida com os ensaios virtuais da peça A Casa da Sogra, que estreia dia 6 de novembro, no Teatro dos Grandes Atores, no Rio de Janeiro, a atriz conversou sobre o retorno aos espetáculos e a superação de um grave problema de saúde – em agosto do ano passado, ela teve complicações após uma cirurgia no apêndice e precisou ser reoperada de emergência no Hospital Memorial Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro.

“Sentia espiritualmente que precisava passar por aquilo. Em momento algum pensei que fosse morrer, mas sentia que passaria por algo crítico. Sou uma pessoa muito intuitiva. Nunca havia sido internada por nada. Foi muito sério. Fui ao hospital fazer a cirurgia de apêndice, passei 18 horas no hospital e não tiraram meu apêndice. Graças a Deus, não morri. Fiquei entre a vida e a morte”, conta Claudia, que, por conta do que ela define como “barbeiragem médica”, teve acúmulo de pus e fezes na cavidade abdominal. Durante a internação, ela teve o apoio do marido, o empresário João Marcelo Araújo.

Musa da década de 1990, com personagens como Kika, em Renascer (Globo, 1993), Carla, em Malhação (Globo, 1995), e Vandinha, em História de Amor (Globo, 1995), a atriz está longe das novelas desde 2018, quando fez uma participação especial em Segundo Sol, na Globo. Neste ano fez uma participação no humorístico Plantão sem fim, estrelado por Rodrigo Sant’Anna, no Multishow, e estrelou o filme Vida entre Folhas, em que vive uma mulher analfabeta.

Claudia, que tem sido cautelosa com a pandemia e cumprido as medidas de distanciamento social, afirma se manter a maior parte do tempo em casa. “Não saí, não aglomerei. É uma doença que, mesmo com todos os cuidados, depende do outro”, disse ela, que nesta semana saiu de casa para prestigiar o ator Edwin Luisi, seu amigo dos tempos de Colégio Brasil, na peça Ninguém dirá que é tarde demais. Na opinião dela, o incentivo às artes é importante: “A classe artística foi atingida e, especialmente, pessoas que não estão à frente das câmeras ou em cima dos palcos.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Mulher de Daniel, Aline de Pádua mostra silhueta da gravidez: “Só na barriguinha”
Lena Katina anuncia volta da t.A.T.u. em 2022
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play