Sábado, 27 de novembro de 2021

Com música e dança, Hemocentro do Rio Grande do Sul anima doadores na abertura da Semana Nacional do Doador de Sangue

Não faltou animação na abertura da Semana Nacional do Doador de Sangue no Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul (Hemorgs), em Porto Alegre. Com a presença da banda da Brigada Militar, executando músicas como “Querência Amada”, e do mascote Hemotchê, quem esteve no local nesta segunda-feira (22) foi surpreendido com a animada atividade.

Com a pandemia, as doações de sangue caíram 20% no Estado. Para marcar a retomada, o evento inclui uma série de atividades durante a Semana do Doador. Serão homenageados 30 doadores e 16 empresas parceiras. “A intenção é agradecer aos doadores que, mesmo durante a pandemia, conseguiram discernir a mensagem de que ficar em casa para evitar a propagação do vírus é necessário, mas manter as doações de sangue é essencial”, disse a assistente social Gesiane Alamansa, coordenadora do setor de captação de sangue do Hemocentro.

Em 25 de novembro, Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, o Palácio Piratini e o Centro Administrativo estarão iluminados de vermelho, cor alusiva à data. Gesiane lembrou que são necessárias doações de todos os tipos de sangue, principalmente o tipo “O negativo”. Necessidade que mobilizou o motorista Vagner Ismael Bento. “Vim doar para uma tia. Mas já vim aqui outras dez vezes, pelo menos”, disse. “Sou doador frequente e fico atento às notícias sobre a falta de sangue no Hemocentro para poder ajudar. Eu dôo em prol da vida”.

Ao seu lado, a prima, a operadora da caixa Gislaine Carril Castanheira, também mostrava entusiasmo com a doação, registrando a apresentação da banda da Brigada e tirando fotos com os militares e o Hemotchê. “Vim doar para a minha mãe, que está na UTI do Hospital do Exército. Mas eu adorei estar aqui hoje. Me senti muito bem”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Dólar cai após cinco altas seguidas e fecha abaixo de R$ 5,60
Ministério da Economia vai liberar R$ 1,4 bi para a compra de vacinas
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play