Sábado, 02 de março de 2024

Das 11 deputadas estaduais gaúchas, cinco presidem comissões técnicas na Assembleia Legislativa

A presença de 11 mulheres entre os 55 deputados estaduais em exercício de mandato – uma proporção 20% – se reflete na composição das presidências das 12 comissões técnicas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Elas estão no comando de cinco colegiados para o biênio 2023/2024.

Empossadas em cerimônia no dia 14 de fevereiro pelo presidente da Casa, Vilmar Zanchin (MDB), nos últimos dias as parlamentares já estiveram à frente das primeiras reuniões de seus respectivos grupos de trabalho. O grupo conta com os seguintes nomes:

– Adriana Lara (PL): Comissão Mista do Mercosul e Assuntos Internacionais.

– Laura Sito (PT): Comissão de Cidadania e Direitos Humanos.

– Patrícia Alba (MDB): Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle.

– Sofia Cavedon (PT): Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.

– Stela Farias (PT): Comissão de Segurança, Serviços Públicos e Modernização do Estado.

Comparação

A Legislatura anterior (2019-2022) contou com 11 deputadas (duas delas ingressando na fase final, como suplentes). Somente Zilá Breitenbach (PSDB) se manteve ao longo de todo esse período na presidência de uma comissão técnica – a da Saúde e Meio Ambiente.

Durante o primeiro biênio, Sofia Cavedon (PT) presidiu a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia. Já em 2021 foi a vez de Silvana Covatti (PP) comandar a Comissão Mista do Mercosul e Assuntos Internacionais.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Em quase três anos de pandemia, coronavírus já custou as vidas de 41.919 gaúchos
Fundo de apoio a empresas aprova R$ 955 milhões em incentivos para projetos de 14 indústrias gaúchas
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play