Terça-feira, 16 de julho de 2024

Deputada petista diz que foi proibida de subir no palco em evento de Lula no Ceará; Planalto nega

Ex-prefeita de Fortaleza, a deputada federal Luizianne Lins (PT-CE), apoiadora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que não compareceu à agenda dele no Ceará na sexta-feira por ter sido barrada de subir no palco onde estava o petista em um outro evento ocorrido anteriormente na cidade. O Planalto, por sua vez, afirma que todos os deputados do Estado onde acontece a visita são convidados para acompanhar o evento e têm lugar reservado.

“A ausência da parlamentar se deve ao fato de que, no último evento com a presença de Lula no Ceará, coordenado pelo Ministério da Educação, ela foi impedida de entrar no acesso das autoridades e proibida de subir no palco onde estava o presidente. A deputada não irá se submeter a isto novamente, pois já basta de tanta violência política contra ela, que sempre foi apoiadora do presidente Lula, mesmo quando ele estava encarcerado na PF de Curitiba”, afirma a nota divulgada pela assessoria da parlamentar.

A saia-justa tem como pano de fundo a disputa municipal em Fortaleza, já que Luizianne, que é ex-prefeita do município, colocou seu nome à disposição do partido para disputar o pleito. Um dos políticos que também buscam a vaga é o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão, candidato que teria o apoio do atual Ministro da Educação, Camilo Santana, ex-governador do Ceará. O deputado, além de estar no palco do evento de Lula também recepcionou o presidente no aeroporto.

O presidente Lula esteve no Ceará para assinar o decreto que cria oficialmente o campus do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em Fortaleza. Esta é a terceira vista do petista ao estado, Ainda segundo a assessoria da parlamentar, o veto de subir no palco do evento teria acontecido na última passagem de Lula pelo estado, em setembro de 2023.

O Palácio do Planalto informou em nota que nos eventos do presidente “todos os deputados federais do estado da agenda são convidados pelo governo e têm assentos reservados”. Ele informou ainda que Luizianne “foi convidada para o evento desta sexta-feira e teria lugar no palco se tivesse comparecido”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Ação que julga cassação de Sergio Moro tem choque de versões na reta final e plenário do Tribunal Regional Eleitoral busca resolver
Operação Spoofing prendeu o grupo responsável pela invasão de celulares de integrantes da força-tarefa da Lava Jato no Paraná
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play