Sábado, 22 de janeiro de 2022

loader

Em inspeção judicial, Estaleiro Rio Grande anuncia novos investimentos

O Estaleiro Rio Grande recebeu, nesta terça-feira (28), uma inspeção judicial, com a visita da juíza Fabiana Gaier Baldino, da 2ª Vara Cível de Rio Grande. Também estavam presentes, representantes do Ministério Público e da Administradora Judicial. A ação faz parte do processo de recuperação do Grupo Ecovix.

Durante a visita, a magistrada verificou o trabalho desenvolvido, com destaque para o reparo no navio Siem Helix I, que chegou ao dique há exatamente um mês. A juíza também recebeu informações sobre as prospecções de novos negócios pela Ecovix, que busca diversificar as atividades e gerar mais empregos na área naval.

“A magnitude de um processo de recuperação judicial como esse é muito complexa. Mas, aos poucos, começamos a superar os obstáculos”, afirmou a Dra. Fabiana, que parabenizou o trabalho da empresa. “Demos um passo importante. Estamos otimistas. Agora é permanecer assim, para que o processo continue no caminho certo”, reforçou a magistrada, cumprimentando o empenho e o comprometimento dos executivos da Ecovix.

Já o diretor-geral da Ecovix, Robson Passos, enfatizou a relevância da atuação do Poder Judiciário na reestruturação. Para o executivo, isso é “importante e decisivo para gerar segurança jurídica aos negócios, permitindo que mais parceiros venham para cá”. Ele salientou também a relevante atuação do Ministério Público que vem contribuindo para a condução do caso.

Participou da visita também, a promotora do Ministério Público, Nathália Swoboda Calvo, que se disse surpresa e satisfeita com o “entusiasmo em reerguer” o Estaleiro, e dos advogados João Medeiros Fernandes Júnior e Laurence Medeiros, da Medeiros & Medeiros Administradora Judicial, que faz a administração do processo. “Esse reconhecimento mostra o comprometimento da empresa em avançar com a reestruturação e gerar novos empregos”, afirma Laurence.

Investimentos a caminho

Depois da inspeção realizada, o Grupo Ecovix adiantou uma boa notícia. “Há negociações avançadas para o reparo de mais duas embarcações no Estaleiro: o Siem Helix II, navio de estimulação de poços que atua para a Petrobras na Bacia de Campos, assim como o Siem Helix I; e o Seven Waves, da Subsea 7, que também opera com a estatal brasileira, como navio de apoio a dutos (PLSV)”, afirmou Passos, revelando que a Ecovix já recebeu o sinal de pagamento da docagem por parte das duas empresas. A assinatura dos contratos está em andamento.

Os novos negócios garantirão a manutenção dos cerca de 500 empregos gerados para o serviço, pelo menos até o primeiro trimestre de 2022, além de movimentar a economia de Rio Grande. “A confirmação desses investimentos reforça a relevância do Estaleiro nesse mercado, bem como a diversificação das atividades, trazendo boas perspectivas para toda a região”, pontua Robson Passos.

O Estaleiro Rio Grande voltou a operar com serviços navais, no dia 28 de agosto, após chegada do Siem Helix I, que permanecerá no local até os próximos dias. O serviço é feito em parceria com a DockBrasil, empresa do Rio de Janeiro que atua com reparação naval.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul inaugura nova sede em Porto Alegre
Leandro Piazza palestra no Startup Summit 2021, um dos maiores eventos do ecossistema no Brasil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play