Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Entenda a polêmica da chuteira rosa da Adidas no Grêmio

A nova chuteira da Adidas causou alvoroço nos bastidores do Grêmio. Alguns atletas do clube foram impedidos de usar o novo produto por lembrar a cor do seu maior rival, o Inter. O Tricolor afirma que foi um consenso geral entre a direção e os jogadores para a não utilização do material.

A Adidas, marca reconhecida mundialmente, lançou neste ano uma chuteira com a cor rosa. Alguns jogadores do Grêmio, que são patrocinados pela marca, receberam o material e as utilizariam. Antes de ser usada pelos atletas, a diretoria gremista proibiram o uso por parte de seus jogadores.

Em seus contratos com os jogadores, o clube gaúcho normalmente introduz uma cláusula na qual não permite a utilização de produtos da cor vermelha. Na ocasião, o argumento é que o rosa pode parecer na televisão a cor do rival.

Segundo o Grêmio, a empresa pressionou os atletas com contrato, alguns em fim de contrato com a Adidas, a utilizar o produto rosa. E reclama que os atletas com maior vínculo receberam outra versão do calçado. A marca e alguns jogadores já tentaram uma liberação perante ao clube, mas não foi autorizado.

Relembre 

Na apresentação do volante Pepê, o jogador comentou que quando se mudou para Porto Alegre e estava a procura de um apartamento, o atleta chegou a escolher um imóvel da cor vermelha. Por estar chegando no Grêmio, o volante preferiu escolher outra moradia para evitar maiores problemas com a sua nova torcida.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Operação Figueiras prende dois em flagrante por tráfico de drogas em Porto Alegre
Luiz Adriano assina pré-contrato com o Inter
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play