Terça-feira, 18 de junho de 2024

Escritor Jorge Luis Martins recebe a Medalha do Mérito Farroupilha

Diversas personalidades políticas e comunitárias foram levar seus cumprimentos ao escritor Jorge Luis Martins no começo da tarde desta quarta-feira  (24), na Assembleia Legislativa. Em solenidade no Salão Júlio de Castilhos, Jorge Luis Martins recebeu a Medalha do Mérito Farroupilha por sua trajetória de superação, perseverança e êxito empresarial.

A medalha foi entregue pela 1ª vice-presidente da Casa, deputada Delegada Nadine (PSDB), e pelo deputado Pedro Pereira (PSDB), proponente da homenagem.

Pedro Pereira disse que a homenagem a Jorge é mais do que justa. Destacou os obstáculos que o escritor, natural de Novo Hamburgo, enfrentou ao longo de sua vida, citando que ele nasceu prematuro e foi morador de rua.

“É um vencedor e segue peleando”, declarou. Além da contribuição do homenageado na área cultural, o parlamentar justificou a indicação de Jorge pelo seu trabalho na educação, como psicopedagogo, e como empresário. Ainda falou da atuação de Jorge como ator e palestrante.

A emoção do homenageado

Muito emocionado pela presença de tantos amigos e lideranças no ato, Jorge Luis Martins disse que está acostumado a palestrar, mas que a voz embarga quando se é o próprio personagem. Agradeceu a todos os presentes, especialmente ao proponente da homenagem, dividindo a medalha com todos. “Se eu sou eu é porque somos todos nós”, afirmou.

O escritor se emocionou ao lembrar dos seis anos em que viveu nas ruas, catando papéis e tendo que, muitas e muitas vezes, passar frio e fome. O escritor recordou também que, na mesma ALRS em que hoje é homenageado, conseguiu seu primeiro emprego no restaurante que ficava no 10º andar do Palácio Farroupilha.

Disse ainda que a homenagem engrandece o homem, massageia o ego e enobrece a alma. “Por outro lado, aumenta nosso compromisso, nossa solidariedade e cobra-nos mais responsabilidade”, concluiu.

A vice-presidente do legislativo gaúcho, Delegada Nadine agradeceu a Pedro Pereira por ter feito com que a ALRS homenageasse alguém que simboliza tanto não apenas para Novo Hamburgo, mas para todos os gaúchos e gaúchas.

“Obrigada por existir entre nós. Obrigada por, num momento como este, trazer um pouco mais de esperança para cada um de nós, mostrando que é possível, com dignidade e com muita luta, transformar o nosso dia a dia”, disse, dirigindo-se ao escritor.

A cerimônia, que também teve o pronunciamento da prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, foi encerrada com a apresentação do músico Isaac Jacobs do projeto Os Piazitos. Além de familiares e amigos do homenageado, participaram da cerimônia o prefeito de Ibirubá, Abel Grave; vereadores e representantes de entidades, como a Academia Literária de Novo Hamburgo e o Grêmio Náutico União.

Quem é o Homenageado

Natural de Novo Hamburgo, Jorge Luis Martins é formado em Administração e Letras, possui pós-graduação em Psicopedagogia e Educação Infantil e MBA – Gestão de Pessoas e Liderança de Equipes. O escritor é autor de sete livros, como o autobiográfico “Meu nome é Jorge”, que, em breve, será transformado em filme.

Também cursou Neurociência e Teatro. Como ator, participou de diversos curtas e longas-metragens. Já passou por inúmeros desafios, desde o nascimento prematuro até os tempos em que foi morador de rua. Aprendeu lições que busca transmitir ao público através de livros, ações sociais e palestras.

Em sua carreira já participou de cerca de 250 feiras do livro, sendo patrono em 25 cidades. Como palestrante, já conversou com jovens de aproximadamente 450 escolas de toda a Região Sul do país. Atualmente também é empresário do ramo de locações de veículos e um dos diretores do Instituto de Prevenção e Combate ao Câncer do Colo do Útero.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Mico no Japão arrasa fantasia de “mensageiro da paz”
“Pai dos pobres”, Lula torrou R$ 1,3 milhão com luxo
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play