Domingo, 21 de julho de 2024

Estudantes gaúchos têm até a sexta-feira para se inscrever no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep, vinculado ao Ministério da Educação) recebe até a próxima sexta-feira (21) as inscrições para candidatos gaúchos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2024. Todos os residentes no Estado têm direito à isenção da taxa (R$ 85), devido à crise gerada pelas enchentes de maio.

A realização do procedimento exige acesso à Página do Participante com login único do portal gov.br. Quem não lembra a senha da conta pode recuperá-la a partir das orientações da própria plataforma. O portal do Inep também oferece orientações: enem.inep.gov.br.

Por meio de sua política de acessibilidade e inclusão, o Instituto também garante atendimento e recursos de acessibilidade em todos os exames e avaliações que realiza. Os participantes devem fazer as solicitações durante o ato da inscrição. As privas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

Entenda

O Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o teste se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, por exemplo o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitar as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Recorde

Entre os dias 27 de maio e 14 de junho foram registradas 259.936 inscrições no Rio Grande do Sul. O número inclui uma marca histórica: maior percentual de adesão por alunos da rede pública, que abrange escolas estaduais e municipais. Ao todo, 86% dos concluintes do 3º ano do Ensino Médio realizarão as provas. O resultado superou a marca histórica anterior, de 2013 (83%).

O Estado mantém 1.106 instituições de Ensino Médio, que atendem a 273.115 estudantes. Destes, 71.673 estão cursando o 3º ano – público-alvo da prova nacional.

A titular da Secretaria da Educação (Seduc), Raquel Teixeira, atribui o novo recorde ao esforço coletivo das autoridades de ensino e comunidades escolares para incentivar as inscrições: “Trata-se de uma resposta clara dos nossos jovens ao desafio de reconstruir o futuro do nosso Estado. Eles aceitaram o chamado e estão prontos para transformar suas vidas por meio da educação”.

A mobilização foi intensificada na última semana, com o Mutirão Enem 2024. Coordenada pela Seduc em conjunto com suas 30 Coordenadorias Regionais, a série de iniciativas buscou estimular a participação e o engajamento em todo o mapa gaúcho.

Estudantes, professores, diretores e equipe diretiva estiveram envolvidos em ações de conscientização, que incluíram atividades de divulgação, montagens de estações de inscrição em áreas comuns das escolas e nas salas de informática, além de iniciativas de incentivo desenvolvidas pelos próprios alunos, como vídeos para as plataformas digitais. Slogan: “Nenhum aluno fica para trás”.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Disparada do dólar deve acelerar a inflação no Brasil; veja como se proteger
Petrobras faz acordo para encerrar disputa tributária; impacto é de R$ 11 bilhões
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play