Segunda-feira, 17 de junho de 2024

Exclusivo: Nível do Guaíba pode estar com erro de medição de mais de 70 centímetros

A medição oficial do nível do Guaíba, em Porto Alegre, pode estar equivocada. A equipe da Rede Pampa acessou a Estação Cais Mauá C6 na terça-feira (21), local onde originalmente o nível do Guaíba era avaliado, e confirmou com exclusividade uma diferença de mais de 70 centímetros em relação às medidas oficiais feitas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema). 

Às 17h de ontem, a medida oficial divulgada era de 4,02 metros, mas, de acordo com a medição feita no local, o valor deveria ser de aproximadamente 3,24 metros – uma discrepância de 78 cm.

O possível erro ocorre desde o dia 3 de maio, quando uma régua foi instalada de forma emergencial na região do Gasômetro, pois o acesso ao Cais Mauá estava impossibilitado. Na ocasião, foram mantidos parâmetros como a cota de inundação de três metros. No entanto, a correnteza e a própria irregularidade do solo fazem com que a régua não esteja no mesmo nível do cais. 

Em entrevista exclusiva à Rede Pampa, o chefe da Divisão de Meteorologia e Eventos Críticos da Sema, Diego Carrillo, confirmou a possibilidade da régua não estar corretamente calibrada em relação à cota de inundação de 3 metros do Cais Mauá. Ele afirmou ainda que servidores da pasta estão tentando acesso ao local para comparar os dados. 

Sendo assim, o nível recorde registrado na enchente deste ano pode não ser os exatos 5,35 metros, que teria sido atingido no dia 5 de maio. De acordo com a medição da equipe da Rede Pampa, a marca da água no cais indica que o nível máximo atingido pelo Guaíba foi próximo dos 5,25 metros.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Correios arrecadam mais de 15 mil toneladas de doações para o Rio Grande do Sul
Concluído reparo emergencial no dique da Fiergs
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play