Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Governo federal enviará ministros para visitar área destruída pela seca no Rio Grande do Sul

O governo federal montou uma força tarefa de ministros para visitar área destruída pela seca, no município Hulha Negra, localizado na fronteira Sul do Estado, nesta quinta-feira (23).

A visita reforça a atenção que o governo federal quer dar para as regiões afetadas por desastres naturais e a situação de poucos recursos com que encontrou a Defesa Civil. A região é uma das mais castigadas pela estiagem que afeta o Estado, pela terceira safra consecutiva.

De acordo com o Ministério de Integração e Desenvolvimento Regional, além do ministro da pasta Waldez Góes, a comitiva será composta pelos ministros do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, do Desenvolvimento e Assistência Social, Wellington Dias, e da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, além de Edgar Pretto, futuro presidente da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Recursos

O governo federal divulgou que realizou, neste ano, repasse de R$ 33 milhões para municípios afetados por desastres naturais em dez estados: São Paulo, Maranhão, Minas Gerais, Bahia, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Pará, Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul.

São casos de destruição por chuvas intensas, vendavais, deslizamentos, alagamentos, seca. A cifra não inclui os danos recentes ocorridos no litoral paulista, como na cidade de São Sebastião.

De acordo com o secretário nacional de Defesa Civil, Wolney Wolf, os municípios ainda não apresentaram o levantamento de estragos. A Defesa Civil encaminhou equipes federais para auxiliar no preparo do plano de trabalho de assistência e socorro.

“Hoje devemos receber os primeiros planos de trabalhos referentes à resposta assistência humanitária e restabelecimento. O município está dimensionando os impactos causados pelo evento extremo que ocorreu no final de semana e as necessidades para apoiar à população atingida”, afirmou Wolf, nesta terça-feira (21).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Cinema precisa de filmes que “suscitem espanto” e mundo está “atormentado”, diz papa Francisco
ONU vota resolução com trecho do Brasil sobre primeiro ano de guerra e busca apoio recorde
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play