Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Grêmio investe em identificação de rádio frequência para otimizar processos de sua loja

Focado na busca da agilidade e otimização de seus processos internos, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense é o primeiro clube do Brasil a adquirir a tecnologia de identificação por rádio frequência para utilização na Loja GrêmioMania da Arena.

O Tricolor fechou parceria com a Viaonda RFID, empresa com sede em Limeira, interior de São Paulo, especializada no desenvolvimento e fabricação de produtos com tecnologia RFID embarcada.

A RFID, que significa Radio Frequency Identification, é uma tecnologia de identificação e controle que funciona por ondas de rádio e ocorre por meio de dispositivos denominados etiquetas RFID, que são capazes de identificar, rastrear e registrar dados. Uma etiqueta (ou tag RFID) é um transponder (dispositivo de comunicação eletrônico complementar de automação) muito utilizado no varejo de moda e que pode ser colocado também em objetos, pessoas, animais, equipamentos, embalagens e produtos.

O coordenador de tecnologia do Clube, Luis Felipe De Nadal, destacou que o pioneirismo do Grêmio abre um espaço para que a nova tecnologia cresça no meio do futebol e explicou as principais vantagens.

“Vemos que esse projeto inicia um novo caminho no varejo esportivo do país. Há um ganho enorme em assertividade, tempo e controle para a GrêmioMania, para o Clube e seus torcedores. Reduziremos nosso tempo de fila, ganhando em faturamento e experiência do cliente, especialmente em dias de jogos. Além destes benefícios, posso citar também a rastreabilidade de produtos, gestão de estoques e automação de processos”, exemplificou.

O Diretor de Tecnologia da Viaonda RFID, José Ricardo Fernandes, foi na mesma direção e comemorou a parceria com o Grêmio: “Estamos acostumados a ver soluções de RFID aplicadas em áreas de distribuição logística ou transporte, mas, no esporte, principalmente nas lojas oficiais de produtos e itens da marca, é uma inovação, não apenas no aprimoramento dos processos e operações diárias, mas também na otimização do tempo, prevenção de perdas e, principalmente, na experiência do cliente e torcedor durante a vista em uma loja. Este tipo de projeto mostra que a tecnologia de identificação por rádio frequência pode ser aplicada em áreas onde ainda não havíamos pensado, podendo gerar grandes frutos de rentabilidade e aproveitamento de tempo e espaço”, finalizou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Realizada a primeira Reunião Ordinária da Regional InterGrande Porto Alegre
Temporal causa interdições em rodovias do Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play