Terça-feira, 17 de maio de 2022

loader

Grupo UEBA comemora 17 anos com espetáculos abertos ao público

Para comemorar os seus 17 anos de história, o Grupo UEBA vai promover muita arte, cultura e entretenimento, com espetáculos gratuitos e abertos ao público. A programação acontece nos dias 24, 25 e 26 de setembro, quando o grupo abre as portas do Centro Cultural Moinho da Cascata, em Caxias do Sul, para receber crianças e adultos para apresentações de três peças de seu repertório cênico.

As encenações marcam a retomada da abertura do Moinho da Cascata pós-pandemia. O local ficou fechado desde março de 2020 e agora retoma as atividades presenciais. Serão três espetáculos gratuitos. Para assistir, os interessados devem fazer reserva de ingresso pelo WhatsApp 54 99698.4877 ou pelo e-mail produtora@grupoueba.com.br. O público é limitado a 50 pessoas.

Sinopse das peças da programação dos 17 anos do Grupo UEBA

Sexta-feira (24), às 20h: O Templário

O Templário é um solo escrito e atuado por Jonas Piccoli, com direção de Aline Zilli. Surgiu a partir de pesquisas sobre a ordem dos Cavaleiros Templários, organização que atuou por cerca de dois séculos na Idade Média e tinha como objetivo proteger cristãos que peregrinavam a Jerusalém. No entanto, os templários sofrem um golpe do rei que, por ganância e poder, prende seus integrantes para não lhes pagar dívidas e empréstimos.

Sábado (25), às 16h: Fábulas do Sul

Fábulas do Sul – O espetáculo traz para cena algumas das principais lendas do folclore gaúcho, como Negrinho do Pastoreio, Cobra Boitatá, Surgimento da Erva-Mate, Salamanca do Jarau e Casa do Índio Guarani Mbororé. As lendas são apresentadas através da ótica de três mascates, com abordagem cênica inspirada na tradição da oralidade gaúcha em suas rodas de chimarrão. Os comerciantes estão buscando a casa do MBororé, onde achariam muito ouro e prata. Nessa jornada, se deparam com as histórias da Cobra Boitatá, do Negrinho do Pastoreio e do surgimento do chimarrão. Eles descobrem a importância das lendas na formação do Rio Grande do Sul e as contam ao público, divertindo a plateia com suas trapalhadas.

Domingo (26), às 16h: As Aventuras do Fusca a Vela

Um jovem encontra em um ferro velho uma figura muito interessante, um senhor que diz ser o sobrevivente do Pequod, o legendário baleeiro que tentou caçar Moby Dick. Acaba embarcando na imaginação do capitão e parte, junto com o público, a navegar em águas tempestuosas atrás da baleia. Tudo acontece em torno do também icônico e legendário Fusca.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Restaurante Guapo amplia espaço e reinaugura em Porto Alegre
Simers apresenta contas da entidade aos seus associados
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play