Quarta-feira, 29 de junho de 2022

loader

Indústria do segmento do plástico promove educação ambiental ao apoiar escola rural de Montenegro

Larissa Kayser assumiu em outubro de 2020 a diretoria da Escola Bernadino Luís de Souza, que atende a 70 alunos do Jardim ao quinto ano do Ensino Fundamental em duas salas de aula, na área rural de Montenegro (RS). Quando chegou à escola, para substituir a diretora aposentada, auge da pandemia, as crianças recebiam as tarefas via WhatsApp. O primeiro contato com seus alunos ocorreu em maio de 2021 ao se iniciar o ensino híbrido. Logo em seguida, todos os alunos puderam voltar a frequentar a escola.

Foi então que Larissa teve contato com a realidade das crianças, que apresentavam importantes lacunas afetivas e emocionais, conforme o esperado após as privações provocadas pela condição do isolamento social. A carência de materiais didáticos e roupas para o inverno, assim como a espera pelas refeições também eram sistemáticas. “Notamos que faltava o básico e não poderíamos nos omitir, pois a escola faz parte da rede de apoio das crianças e suas famílias”, contou Larissa.

A partir disso, a nova diretora mapeou todas as grandes empresas localizadas na região, composta pelo do polo petroquímico, e, persistentemente, relatou a situação em um pedido de ajuda. Foi assim que a Polo Films, empresa de manufatura da cadeia do plástico, que produz Filmes de Polipropileno Biorientado (BOPP), localizada na BR-386, tomou conhecimento do cenário e visitou a escola Bernardino Luís de Souza. Então, estabeleceu-se uma parceria profícua a dar suporte à rede de apoio das crianças para que as famílias voltem a se fortalecer.

A Polo Films disponibilizou cestas básicas (entregue todos os meses de julho a dezembro) material escolar de uso diário, utensílios de cozinha, palets para a construção de bancos e, ainda, proporcionou a visita de especialista em meio ambiente que orientou o plantio de horta, falou e sobre reciclagem e compostagem às crianças. A empresa também apoiará a festa de final de ano, completando um ciclo virtuoso e demonstrando que a responsabilidade para o bem social das crianças é de toda a comunidade.

Para o CEO da Polo Films, Antonio Jou, desenvolver a comunidade local faz parte da missão da empresa. “Esta escola também assiste a filhos de colaboradores da Polo e ficamos muito honrados e estimulados em poder contribuir, fazendo com que não faltem recursos para as crianças da nossa região, um compromisso contínuo que nos orgulhamos muito”, afirmou.

Se pudesse realizar um desejo, Larissa pediria para que a parceria não cessasse e que fosse construída mais uma sala de aula na escola, solicitação que está em andamento na Prefeitura de Montenegro. Ela destaca também que muitas famílias estão mais fortes com o retorno dos empregos. “Quanto mais pessoas envolvidas, mais fortes ficamos, mais conquistas teremos. As crianças precisam que apostem nelas, e, neste momento, estão carentes de carinho e orientação”, declara Larissa.

A Polo Films já tem ações planejadas para 2022. Seu time de especialistas em educação ambiental fará uma jornada sobre reciclagem com a as crianças e professoras e também entregará novas lixeiras onde o lixo poderá ser separado e corretamente descartado. O time de marketing está desenvolvendo materiais didáticos e lúdicos, voltados para a reciclagem de materiais e continuará atenta às necessidades dos alunos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de boas noticias

Rio Grande do Sul registra 1.109 novos casos de Covid-19 e mais 34 mortes provocadas pela doença
Assembleia Legislativa aprova teto de gastos para o Estado pelos próximos 10 anos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play