Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

loader

Instagram testa função de adicionar música a fotos no feed; veja como usar

O Instagram anunciou nesta quinta-feira (18) que está testando uma função que permite aos usuários adicionarem músicas a fotos publicadas no feed da rede social, local em que as publicações não se autodeletam e costuma ser o cartão de entrada dos perfis. Segundo a empresa, o teste é apenas no Brasil.

O recurso irá permitir que as pessoas selecionem trechos de até 90 segundos de canções disponíveis para uso na biblioteca do Instagram – não será possível selecionar qualquer música de plataformas de streaming, como o Spotify, como acontece nos Stories. Ainda, a funcionalidade não funcionará para publicações em carrossel, que trazem mais de uma foto.

A música poderá ser ouvida ao clicar sobre um ícone no canto inferior direito da publicação. No topo, onde hoje ficam as informações de localização, a canção será listada e, ao clicar sobre ela, o usuário pode checar quais outros posts usam a mesma trilha sonora.

A novidade se junta aos Stories e Reels, duas funções em que usuários podiam acrescentar canções nas imagens temporárias e nos vídeos curtos.

Como adicionar música nas fotos do Instagram

Primeiro, antes de publicar uma foto no feed, clique em “Adicionar Música” na última etapa, antes de finalizar a publicação.

Em seguida, pesquise canções específicas ou navegue nas seções “Tendências” ou “Para você” para selecionar a trilha sonora da sua foto. Cada usuário poderá selecionar o trecho e até 90 segundos da música. Em seguida, é só concluir e compartilhar.

Monetização 

Anunciado em 2020, o recurso Instagram Badges (Selos, em tradução livre), até então disponível para uma base selecionada de perfis para testes, agora passou a ter abrangência mais ampla na plataforma. Ainda assim, nem todas as contas terão acesso à ferramenta.

Isso porque o Instagram Badges é um recurso restrito às contas comerciais ou de criadores, pertencentes a maiores de 18 anos e que tenham mais de 10 mil seguidores. A ferramenta está em funcionamento, por enquanto, somente nos Estados Unidos.

De acordo com a Meta, a novidade consiste em ajudar criadores de conteúdo a lucrar com o aplicativo, por meio de selos que permitem que as pessoas demonstrem apoio ao seu criador favorito durante uma transmissão ao vivo. Além disso, o recurso também permite maior envolvimento entre os criadores e seus seguidores.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Museu Nacional anuncia a descoberta de nova espécie brasileira de dinossauro
A mansão em Miami do cão mais rico do mundo está à venda por 176 milhões de reais
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play