Terça-feira, 18 de junho de 2024

Israel dá novo ultimato para civis deixarem o norte da Faixa de Gaza

Os militares de Israel deram um novo ultimato para que os moradores do norte da Faixa de Gaza deixem suas casas. Em um vídeo postado no X (antigo Twitter) neste sábado (28), o porta-voz das FDI (Forças de Defesa de Israel), contra-almirante Daniel Hagari, disse que “este é um aviso militar urgente das Forças de Defesa de Israel”.

“Para sua segurança imediata, pedimos a todos os residentes do norte da Faixa de Gaza e da cidade de Gaza se mudarem temporariamente para o sul”, completou. Hagari fez referência ao que descreveu como uma próxima operação das FDI contra o Hamas em Gaza. “A iminente operação das FDI visa neutralizar a ameaça do Hamas com precisão e intensidade”, disse ele.

“Para os residentes do norte de Gaza e da cidade de Gaza, a sua janela para agir está fechando. Movam-se para sul. Isto não é uma mera precaução, é um apelo urgente”, acrescentou.

Os últimos avisos de Israel acontecem após as FDI informarem na sexta-feira que expandiriam sua operação terrestre após os ataques do Hamas em 7 de outubro. Uma ofensiva por terra tem sido amplamente esperada após os ataques, mas não parece que qualquer grande operação destinada a tomar e manter quantidades significativas do território esteja ainda em curso.

Forças terrestres de Israel estão dentro de Gaza, confirma porta-voz

As forças terrestres israelenses estão dentro de Gaza, após terem entrado no território pelo norte durante a noite de sexta-feira (27).

Israel “entrou na Faixa de Gaza e expandiu a operação terrestre onde participam infantaria, unidades blindadas e de engenharia e artilharia com fogo pesado”, disse Hagari. “As forças estão no terreno e continuam os combates”, disse sem dar mais detalhes.

As palavras do porta-voz das Forças de Defesa de Israel confirmam que a operação militar passou por uma expansão significativa após o que havia descrito anteriormente como dois “ataques direcionados”, que ocorreram na noite de quarta (25) e quinta-feira (26).

Após ambos os ataques, as forças terrestres se retiraram após algumas horas. Hagari disse que o Exército não sofreu baixas nos combates durante a noite e acrescentou: “Continuamos a fazer tudo para manter as nossas forças seguras.”

Morte de comandante do Hamas

As Forças de Defesa de Israel afirmaram neste sábado que um ataque com caças matou Asem Abu Rakaba, um dos chefes de operações aéreas do Hamas que teria ajudado a planejar o ataque de 7 de outubro.

Rakaba teria comandado integrantes do Hamas que invadiram Israel usando parapentes, além de ter sido responsável por ataques com drones contra postos dos militares israelenses, segundo a nota das FDI. “Abu Rakaba foi responsável pelos UAVs, drones, parapentes, detecção aérea e defesa do Hamas”, pontuou o comunicado nas redes sociais.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Grêmio fatura mais de R$ 10 milhões em produtos com a marca Suárez
Confira as principais mudanças na reforma tributária no Senado
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play