Sábado, 22 de junho de 2024

Jogador de basquete americano é afastado do seu time após se recusar a tomar vacina contra a covid

A “novela” envolvendo Kyrie Irving na NBA ganhou um novo e importante capítulo nesta terça-feira (12). O jogador foi afastado pela direção do Brooklyn Nets por se recusar a tomar a vacina contra a covid-19. De acordo com a franquia de Nova York, ele ficará afastado enquanto não puder disputar normalmente todas as partidas da NBA.

“Dada a evolução da situação e após deliberação minuciosa, decidimos que Kyrie Irving não jogará ou treinará com a equipe até que seja elegível para ser um participante completo da temporada. Kyrie fez uma escolha pessoal e respeitamos seu direito individual de escolher. Atualmente, esta escolha restringe sua capacidade de ser um membro em tempo integral da equipe e não permitiremos que nenhum membro de nosso time participe com disponibilidade apenas parcial”, disse o time, em comunicado.

A polêmica em torno de Irving se deve à recusa do jogador em revelar se foi vacinado ou não. Isso já estava impedindo que jogasse as partidas dos Nets em casa, por causa das restrições impostas pela cidade de Nova York.

Uma lei da cidade americana determina que pessoas não vacinadas não podem participar de grandes eventos em locais fechados. Inicialmente, o técnico Steve Nash descartou a presença do jogador nas partidas em casa. Agora esse desfalque vai se estender para todos os jogos. A temporada regular da NBA vai começar no dia 19 deste mês.

Irving já perdeu os três primeiros jogos da equipe na pré-temporada. Ficará fora também do quarto e último jogo, nesta quinta (14). Candidatos ao título, os Nets vão estrear na temporada no dia 19, contra o Milwaukee Bucks, atual campeão da NBA, fora de casa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Neymar dá sinais de tédio com a Seleção Brasileira e com o futebol
Brasil convoca Seleção masculina de basquete 3×3 para a Copa América
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play