Quarta-feira, 18 de maio de 2022

loader

Listas de preços dos materiais escolares em Canoas podem ter variação superior a 400%

Todo início de ano letivo, pais que têm filhos em idade escolar estão preocupados com a lista de materiais. Para orientar a comunidade na compra destes produtos, o Procon Canoas efetuou levantamento de preços em 12 estabelecimentos comerciais. O trabalho, realizado durante sete dias, de 10 a 17 de janeiro, constatou que a diferença de valores na lista pode chegar a 445% de uma loja para a outra, levando em conta os 18 itens pesquisados.

A diretora do Procon Canoas, vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Pública, Taís Marques, explica que a variação superior a 400% é referente ao valor total da lista escolar, no comparativo de um estabelecimento A ou B. Ela lembra ainda que algumas escolas também cometem abusos na hora de solicitar os itens para uso dos alunos durante o ano letivo. Para evitar problemas, o Procon apresenta algumas dicas aos pais e responsáveis na hora de adquirir os materiais.

O secretário municipal de Segurança Pública, o delegado Emerson Wendt, lembra que as orientações valem também para as compras pela internet. “Neste caso, além de pesquisar os preços, é importante o consumidor pesquisar, previamente, a credibilidade dos sites antes de efetuar as compras dos materiais escolares”, frisa.

Veja relação abaixo:

– Verifique o que foi comprado no último ano e o que ainda tem condições de uso. Canetas com tinta, réguas, tesouras e dicionários, por exemplo, são itens que podem ser reutilizados;
– Pesquise os valores em mais de um local, não compre no primeiro estabelecimento que encontrar;
– Não leve as crianças na hora da compra. Nem sempre o material escolhido por elas vai caber no seu orçamento. Evite situações desagradáveis;
– Pais com mais de 1 filho na escola podem organizar a troca e o repasse de materiais entre eles. O que não é mais necessário para um pode ser utilizado pelo outro.

Fiquem atentos:
– Estabelecimentos de ensino não podem pedir produtos de uso coletivo na lista de material escolar, como os de higiene e limpeza, por exemplo.
– O material pode ser adquirido no estabelecimento da preferência dos pais, não podendo a escola exigir marcas, indicar locais ou até mesmo vender os produtos (exceto artigos que não são vendidos no comércio, como apostilas pedagógicas).
– A instituição só pode interferir caso seu filho esteja com um livro reutilizado e a edição, desatualizada.

Segue lista de produtos pesquisados e os preços praticados:

Onde encontrar os serviços do Procon Canoas

*A sede central do Procon atende de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, sem fechar ao meio-dia, na Rua General Salustiano, 142 – Bairro Marechal Rondon. Em função da pandemia e para evitar aglomerações, é necessário agendamento nos telefones 51-32362051 e 51-32362052.
*O Procon também atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, nas unidades Guajuviras (Avenida 17 de Abril, 1110) e no Bairro Mathias Velho (Rua Santa Catarina, 3420, esquina com a Cruz Alta). Nestes locais, não existe necessidade de agendamento.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Pela primeira vez, Brasil registra mais de 200 mil casos conhecidos de Covid em 24h; mortes também apontam alta
Filme sobre jornal produzido por pessoas em situação de rua estreia neste sábado em Porto Alegre
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play