Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Lula critica Supremo e diz que é preciso recuperar normalidade das instituições

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pré-candidato ao Palácio do Planalto nas eleições de 2022, afirmou nesta quinta-feira (2) que será preciso “recuperar a normalidade” das instituições do País e incluiu o Supremo Tribunal Federal (STF) na citação.

“O Supremo Tribunal Federal tem que apenas ser o guardião da Constituição e não pode ficar fazendo discurso e dando voto pela imprensa. O voto [do ministro] tem que ser dado em função dos autos do processo”, afirmou o pré-candidato em Porto Alegre, durante um encontro com representantes do setor da cultura do Rio Grande do Sul.

“Vamos ter que melhorar a educação, vamos ter que melhorar a ciência e tecnologia, a nossa democracia, vamos ter que recuperar normalidade das nossas instituições. O Congresso tem que voltar a legislar, o Ministério Público tem que voltar a cumprir com o seu papel e ser mais responsável do que foi no caso da Lava-Jato”, havia dito antes.

“O Congresso Nacional não tem que ter orçamento próprio, do relator. Quem tem que cuidar do orçamento é o Poder Executivo desse País. Então está tudo mudado, está tudo corrompido, está tudo diferente. E esse país tem que voltar à normalidade”, declarou na sequência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Covid: Brasil registra 41.273 casos e 127 mortes em 24 horas
Senadores sugerem a presidente do Supremo ouvir Exército sobre real intenção de Bolsonaro nas eleições
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play