Domingo, 21 de julho de 2024

Lula se reuniu com a primeira-ministra italiana da direita no G7

O presidente Lula se reuniu no sábado (15) com a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, da direita, após o fim das discussões do G7, que reuniu os líderes dos Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Canadá e Japão. O evento terminou no sábado e foi realizado na região da Puglia, na Itália.

No encontro, Lula parabenizou Meloni pela organização do encontro de potências, agradeceu a solidariedade italiana diante das enchentes no Rio Grande do Sul e conversou sobre a visita que o presidente da Itália, Sergio Mattarella, fará ao Brasil em julho deste ano. O chefe de Estado europeu terá encontros com a comunidade italiana.

O presidente brasileiro também convidou a primeira-ministra a também visitar o Brasil, com uma comitiva empresarial, em função da grande presença de empresas e descendentes de italianos. Meloni virá ao Brasil em novembro para a cúpula do G20, grupo que o Brasil preside neste ano.

Meloni agradeceu a vinda do presidente brasileiro ao G7. Os dois líderes conversaram sobre segurança alimentar, desenvolvimento e transição energética na África, os profundos laços históricos entre Brasil e Itália.

Lula conversou também sobre a necessidade de uma união global para erradicar a fome de 750 milhões no mundo, sobre forte campanha contra a pobreza, a miséria e a crescente desigualdade. Também conversaram sobre outro tema da presidência do Brasil no G20, a necessidade de uma reforma das instituições da governança global, e um novo papel para as Nações Unidas. A pauta é uma demanda antiga da diplomacia brasileira, principalmente sob o governo Lula.

Outras agendas

O presidente brasileiro também se encontrou com o presidente francês Emmanuel Macron. O pedido para o encontro entre os líderes partiu do lado francês.

Os dois líderes reforçaram o compromisso de cooperação no combate ao garimpo ilegal no Brasil e na Guiana Francesa na reunião bilateral às margens do grupo.

Lula também participou de uma reunião bilateral com Ursula von der Leyen, atual presidente da Comissão Europeia. Segundo informações do governo brasileiro, Lula parabenizou o resultado do bloco da politica alemã nas eleições para o Parlamento Europeu realizadas no último fim de semana.

Lula e Von der Leyen voltaram a tratar da negociação do acordo entre União Europeia e Mercosul e discutiram a importância da ocupação de mulheres em cargos na política.

A presidente da Comissão Europeia já foi recebida no Palácio do Planalto, em Brasília, em junho do ano passado, e ambos se encontraram na Conferência da ONU sobre o Clima, nos Emirados Árabes, em dezembro de 2023.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Conferência pela paz para a Ucrânia termina sem consenso de líderes mundiais
Grandes cidades do litoral brasileiro podem ser inundadas pelo mar nas próximas décadas se o aumento na temperatura da Terra mantiver o ritmo atual
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play