Domingo, 05 de dezembro de 2021

loader

Marcos Caruso reflete sobre corrupção: “Ninguém deve continuar achando que está tudo bem”

Marcos Caruso, 69 anos de idade, atualmente pode ser visto como o bon-vivant Pedrinho Guimarães na edição especial de Pega Pega, da TV Globo, e afirma que o personagem traz reflexões. “O Pedrinho talvez hoje represente todo o povo brasileiro, é o cara que foi roubado. Nós fomos roubados em tudo, fomos afanados.”

Na opinião do ator, a postura do personagem está longe de ser um exemplo. “O Pedrinho era um bom-vivant, que vivia no presente, sem pensar no futuro, e continuou vivendo achando que estava tudo bem”, afirma Caruso para Quem, contando ainda que está envolvido com as gravações de Quanto mais vida, melhor!, nova novela das 7.

A corrupção, tema abordado na novela e presente em diferentes cenários da sociedade brasileiros, provoca a indignação do ator. “É revoltante. Pedrinho, não sei se ele se revoltaria, mas ele é o exemplo do que não deve ser. Ninguém deve continuar achando que está tudo bem. Ele é um exemplo de como agir e não reagir diante de um assalto”.

Com o fim da novela se aproximando, Caruso diz ter gostado de acompanhar a trama na quarentena. “Novela boa tem que ser reprisada, tem que ser revista. E novela boa é aquela que você, como ator, quando faz, se emociona e se diverte lendo, fazendo e vendo. Novela boa é a que você está louco para ir gravar, está louco para ler o próximo capitulo. ‘Pega Pega’ é esse tipo de novela”, afirma ele, que esteve em projetos, realizados virtualmente, como Cada um no seu Quadrado e Diário de um Confinado, durante a quarentena.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Valesca Popozuda é hospitalizada com pneumonia bacteriana grave
Lady Gaga arrasa na premiere de “House of Gucci” com look transparente
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play