Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Mês de janeiro foi positivo para o comércio no Litoral Norte Gaúcho

O comércio do Litoral Norte está retomando aos poucos, após os impactos da pandemia. As vendas, segundo os comerciantes, melhoraram com a chegada do verão, devido o aumento no fluxo de pessoas.

Segundo o presidente da Associação Comercial, Industrial e Prestadora de Serviços de Capão da Canoa e Xangri-lá, o ano de 2022 está sendo muito positivo para os comerciantes, se comparado a 2020.

“Dependendo do segmento, nós tivemos um crescimento de 30% a 85%, um acréscimo considerável pelo momento que estamos passando. Da mesma forma, uma coisa alavanca a outra, tanto em Capão da Canoa como Xangri-lá, geram bastante empregos, e nós temos o crescimento de algumas empresas que contrataram até 50% a mais, do número de colaboradores”, revelou o presidente da Acicc, Augusto Cesar Roesler Smaniotto.

De acordo com os comerciantes de Capão da Canoa as duas primeiras semanas do mês de janeiro foram de números positivos. Já nas duas semanas seguintes, a redução do movimento implicou na queda das vendas e do faturamento.

“Depois do ano novo, as duas primeiras semanas de janeiro foram boas e, por agora, que está baixando o movimento. Até na Iemanjá, que nós achamos que ia ter movimento bom, não rolou”, contou a vendedora, Fernanda Gosch. “Esse ano está bem melhor, ano passado ficou bem fraco por causa da pandemia. O início do ano começou bem bom para nós, agora que deu uma caidinha no movimento, acredito que seja porque é final do mês. Depois o pessoal começa a vir de novo para a praia”, completou a gerente Patrícia da Silva Cândido.

Já a gerente Lídia Bastian, disse que as vendas foram dentro da sua expectativa. “Nós vínhamos com dois verões já com pandemia, tivemos que fechar antes. A gente sabia que ia ser difícil, mas tinha uma expectativa boa porque as pessoas estão mais confiantes”, afirmou.

A construção civil e a prestação de serviços foram os segmentos que mais cresceram em 2022, de acordo com o presidente da Associação. E a expectativa para fevereiro é de otimismo. “Nós esperamos que a situação se mantenha, porque a nossa população pulou hoje de 50 mil habitantes para 100 mil habitantes, durante a alta ou baixa temporada. E a tendência é se manter hoje pelo nosso volume e nosso crescimento”, destacou Smaniotto.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Verão

Polícia gaúcha investiga queda de montanha-russa que feriu quatro pessoas na praia de Imbé
Todas as praias do Rio Grande do Sul estão próprias para banho
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play