Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Ministro Alexandre de Moraes concede liberdade provisória a Valdemar Costa Neto

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu neste sábado (10), liberdade provisória para o presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

Alexandre de Moraes manteve medidas cautelares, que são exigência que Valdemar deverá cumprir em liberdade. O presidente do PL foi preso na quinta-feira (8), durante buscas e apreensões feitas por agentes da Polícia Federal na sede do partido Liberal. O político estava com uma arma, mas sem licença para usá-la, o que o levou à detenção.

Posteriormente, a PF encontrou uma pepita de ouro com Valdemar, e ele foi preso também por suspeita de usurpação mineral. Para esse flagrante, não há fiança.

Na sexta (9), o ministro do Supremo havia convertido a prisão em flagrante em prisão preventiva, que não tem prazo determinado para acabar.

Agora, em razão de parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), da idade de Valdemar (74 anos), e do crime não ter sido cometido com violência ou grave ameaça, Alexandre de Moraes decidiu pela soltura.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Advogados apontam que não há elementos para embasar uma prisão preventiva de Bolsonaro
General Augusto Heleno afirmou ter conversado com um diretor da Abin sobre infiltrar espiões em campanhas eleitorais
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play