Sábado, 20 de julho de 2024

Mocidade Alegre é bicampeã do carnaval de São Paulo

A Mocidade Alegre é bicampeã do carnaval de São Paulo. Após a apuração das notas do Grupo Especial de São Paulo nessa terça-feira (13), a Dragões da Real ficou na segunda colocação, e a Acadêmicos do Tatuapé, em terceiro lugar. Tom Maior e Independente Tricolor foram rebaixadas para o Grupo de Acesso I.

A agremiação conquistou seu 12º título e, se tornou, isoladamente, a segunda escola com mais vitórias ao longo da história do carnaval paulista, atrás apenas da Vai-Vai, com 15 títulos.

A escola do bairro do Limão, na Zona Norte de São Paulo, levou para avenida o enredo “Brasiléia Desvairada – A busca de Mário de Andrade por um país”. A Mocidade mostrou a viagem do escritor modernista pelos rincões do país em busca de entender o espírito e o que move o Brasil.

Tanto a Mocidade Alegre, como a Dragões da Real, alcançaram a nota máxima de 270. O desempate veio na soma das notas descartadas.

A presidente Solange Cruz Bichara afirmou que não sabia que ganhariam, já que foi um ano muito competitivo entre as escolas.

“Tô a mil por hora, não consigo, ainda estou digerindo, mas é uma emoção muito grande. Um ano muito difícil, um concurso acirrado, em que todas as escolas vinham muito bem. A gente não sabia quem ia ganhar. As escolas evoluíram demais, o carnaval de São Paulo evoluiu demais, a gente acaba perdendo o parâmetro. Muita gente dizia, mas nada de contar vitória antes. Não é nosso perfil, a gente prefere orar, rezar, acreditar que vai dar certo e acreditar no nosso trabalho”, afirmou após a vitória.

O diretor de carnaval Ricardo Sonzin disse que a vitória é resultado de trabalho.

“Motivo de muito orgulho, de muita dedicação, de muito trabalho, o empenho de cada um da nossa comunidade, da nossa diretoria, de todos os departamentos da escola, acho que esse título só vem pra coroar que a gente tá no caminho certo, que a gente tá fazendo o nosso melhor sempre. Um bicampeonato, né? Como faz pra peteca não cair? Trabalho. Trabalho, dia a dia, noite a noite, muita dedicação, muita gente envolvida, é muito trabalho, não tem outra palavra. Bora comemorar! “, complementou o diretor de carnaval, Ricardo Sonzin.

Já Rogério Felix, diretor de harmonia da Dragões da Real, ressaltou que a comunidade está feliz com o que a escola apresentou na avenida.

“O título ficou em boas mãos, empatamos de ponto a ponto. Só que quando voltam todas as notas, aí no desencarte, acabamos não levando esse título. Mas a comunidade está muito feliz, o trabalho foi muito bem feito, e agora é comemorar, e eu posso te garantir, pode se preparar que vem um trabalho muito mais forte ano que vem. Já posso garantir, ano que vem um trabalho maior ainda”, destacou Rogério Felix .

Em uma experiência rara, nenhuma das 14 escolas do Grupo Especial desfilaram sob chuva. O desfile das Campeãs será neste sábado (17) e contará com as seis escolas mais bem classificadas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Sexólogas revelam os efeitos da privação sexual em reality shows
Novo estudo revela danos prolongados no sistema imunológico de ex-fumantes
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play