Segunda-feira, 15 de julho de 2024

MPB4 se une a Kleiton e Kledir em turnê

A relação entre o quarteto vocal MPB4 e a dupla Kleiton e Kledir soma mais de 40 anos. Eles já dividiram gravações e até estiveram juntos no palco quando os irmãos gaúchos fizeram uma participação no show do conjunto carioca. Porém, pela primeira vez, eles estarão, de fato, reunidos em uma turnê.

O show vai celebrar a amizade que começou nos anos 1970, quando o MPB4, já estabelecido, gravou a canção Circo de Marionetes, composta pela dupla, e, em 1980, lançou Vira Virou, de Kleiton, que acabou por também batizar o disco do grupo. “Ouvíamos falar muito da música regional gaúcha com pegada pop, que era o que eles faziam, mas não sabíamos o que era realmente. Foi uma surpresa emocionante para nós e para o público. Eles chegaram e botaram para quebrar”, diz Miltinho, um dos fundadores do MPB4.

O show vai celebrar esse repertório, além de músicas gravadas individualmente. Entre elas, Amigo É Pra Essas Coisas, Roda Viva, Cicatrizes, Maria Fumaça e Lagoa dos Patos. O roteiro ficou a cargo de Kledir, que sugeriu que os seis ficassem no palco o tempo todo, cantando juntos. “Isso nem sempre é fácil, ainda mais com um quarteto vocal. Mas ele me convenceu. Os ‘velhos’ (MPB4) têm que correr atrás da levada pop. É uma soma”, diz Miltinho.

Ele não sabe ao certo se o show vai se tornar um projeto audiovisual ou um álbum ao vivo. “Ainda não pensamos sobre isso, mas pode ser uma boa para que o público possa participar dessa festa.”

Outros shows

Otto: Criado por meio de um aplicativo de celular que recria a experiência em estúdio, o sétimo álbum de Otto, Canicule Sauvage, chega aos palcos. Entre as novas canções, estão Menino Vadio, que mistura rock e reggae, e Há Tanta Gente Que Se Abre, que flerta com a música eletrônica.

Tributo para Gil e Caetano: No show Retocando Gil e Caetano, três músicos baianos, o guitarrista Armandinho, o pianista Yacoce Simões e o percussionista Marco Lobo celebram os 80 anos de seus conterrâneos tocando músicas como Palco, A Paz, Sampa e Tropicália.

Cátia de França: Recentemente regravada por Simone, a cantora e compositora paraibana celebra 50 anos de carreira com apresentação em que canta músicas como 20 Palavras, Estilhaços e Kukukaya, além de canções inéditas. A cantora Amelinha, que gravou Coito das Araras, composição de Cátia, faz participação especial.

Béla Bacelar: A cantora e atriz paulista faz show com músicas de seu EP autoral, o recém-lançado Dentro. O repertório explora a pluralidade dos ritmos brasileiros, como samba, baião e também afrobeat, reggae e o bebop.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Música

Larissa Manoela afirma que precisa namorar e Maisa pede uma espécie de despedida de solteira
Saiba por que Johnny Depp venceu ação por difamação nos EUA e perdeu na Inglaterra
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play