Segunda-feira, 22 de abril de 2024

Nova Zelândia registra 11 mortos e quase 10 mil desabrigados após passagem de ciclone

Ao menos 11 pessoas morreram na Nova Zelândia após a passagem do ciclone Gabrielle, há uma semana, informaram autoridades neste domingo (19). Entre os mortos está uma menina de 2 anos que foi arrastada pelas águas.

A tempestade deixou um rastro de destruição na Ilha Norte, uma das duas principais do país.

Segundo o governo, mais de 6 mil pessoas são consideradas desaparecidas.

Quase 10 mil pessoas foram obrigadas a abandonar suas casas e várias cidades continuam sem energia elétrica, água potável e comunicação. O governo informou que 62 mil casas em todo o país continuam sem eletricidade.

De acordo com as administrações locais, há dezenas de estradas interditadas e comunidades isoladas. As cadeias de abastecimento estão interrompidas e muitas plantações foram destruídas.

O ciclone atingiu a região mais ao norte da ilha em 12 de fevereiro e se espalhou pela costa leste, causando destruição.

O primeiro-ministro Chris Hipkins chamou Gabrielle de “o maior desastre natural da Nova Zelândia neste século”. Ele assumiu o cargo há menos de um mês, após a renúncia da primeira-ministra Jacinda Ardern.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Viagem de Lula à China define novos rumos da política externa brasileira
Indicação de Dilma para assumir a presidência do Banco dos Brics marcará viagem de Lula à China
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play