Terça-feira, 25 de junho de 2024

O que fazer até o dia do Enem? Planeje sua rotina

Como você tem organizado sua rotina de estudos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)? Conquistar uma boa nota no exame exige disciplina, organização e também descanso. Mesmo que você tivesse se preparando desde o começo do ano seria impossível estudar toda matriz da prova.

Nessa resta final o planejamento de estudos é uma peça estratégica de preparação. Para ajudar e lhe tranquilizar, o coordenador pedagógico e professor, Hudson Roati, dá dicas sobre como organizar o tempo.

Cinco passos

Hudson deixa claro que a rotina de estudos deve contemplar 5 passos fundamentais: assistir a aulas, revisar conteúdos, resolver exercícios, fazer as correções e reservar tempo para o descanso e lazer.

“Cada um deve entender o seu perfil. Muitas pessoas rendem por 5 ou 6 horas de estudos a fio, enquanto outros estão desgastados a partir da segunda hora de estudos. Não se trata necessariamente de quantidade, mas de qualidade. Um cronograma de estudos bem montado, invariavelmente, levará a pessoa a estudar aquilo é mais importante para ela. Vale ressaltar que cada indivíduo tem pontos de melhoria específicos na preparação para o Enem e demais processos seletivos.”

Cautela

O coordenador deixa claro que as pessoas de todas as idades precisam compreender que uma rotina saudável deve abranger não apenas os estudos, mas todos os aspectos das nossas vidas.

“Dessa forma, teremos melhores resultados nas diversas esferas que norteiam a nossa existência, inclusive nos estudos. Há uma corrente de estudos que começa a popularizar o termo ‘cronobiologia’; um conceito que está voltando para o funcionamento do nosso relógio biológico.”

Para ter bom rendimento nos estudos é necessário melhorar a qualidade do sono e da alimentação, por exemplo, e, portanto, não se trata apenas de organizar horários de leitura, mas de se fazer um plano de atividades que respeite as suas limitações, potencialize seus pontos fortes e proporcione qualidade de vida.

“Considerando a proximidade do Enem, o período de estudo deve ser intensificado sem sacrificar elementos essenciais do cotidiano. É imprescindível entender a própria rotina e ampliar os minutos de estudo. Como nos exercícios físicos, exige um breve período de adaptação, mas vale muito a pena,” reforça.

Provas

Neste ano, as duas versões do Enem, impressa e digital, serão aplicadas em 13 e 20 de novembro. É importante lembrar que não existe a opção de prestar o exame em casa: mesmo a avaliação informatizada será aplicada em computadores que ficam em locais designados pelo Inep.

Pela primeira vez, o instituto aceitará documentos digitais de identificação nos locais de prova, como: e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital, e RG Digital.

O candidato deve apresentar o aplicativo oficial ao fiscal — capturas de tela não serão válidas. Após a entrada na sala de aula, o uso do celular continuará vetado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Brasileiros são detidos em voo após falsa ameaça de bomba
Apenas 40% das crianças com menos de 5 anos estão protegidas contra a paralisia infantil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play