Sábado, 22 de junho de 2024

O que os nudes de Britney Spears dizem sobre liberdade e aprisionamento feminino

Para a antropóloga Mirian Goldenberg, “ainda não conseguimos compreender as próprias ambiguidades do que é ser uma mulher livre”. Ela ainda afirma que a preocupação dos seguidores em interpretar os seminudes publicados pela cantora nas redes sociais falam muito mais sobre a visão de mundo alheia, calcada no machismo, do que sobre as próprias atitudes de Britney pós-tutela.

O que, afinal, nós, mulheres, esperamos de uma mulher livre? E por que a nudez incomoda tanto? Ela está vivendo a vida dela, depois de ficar como uma prisioneira da carreira e da família por tantos anos. O machismo está dentro de nós, não só nos homens. Nosso olhar pode nos libertar e, ao mesmo tempo, ter dificuldade em sair dessa bolha patriarcal em alguns casos”, considera.

Para alguns fãs, paira a suspeita de que Britney ainda não tenha tomado controle de seu Instagram – mesmo após o fim do período em que esteve sob a tutela do pai –, o que torna mais difícil a compreensão do comportamento da cantora. O professor de Comunicação Alan Mangabeira, que transformou a ídola em objeto de pesquisa em sua tese de doutorado, conta que Jamie Spears ainda detém os direitos da página da filha.

“O corpo é dela, mas a marca e o Instagram não são. Não tem como saber se é ela que posta. Se for, ótimo que esteja se sentindo empoderada. Do contrário, precisamos refletir sobre o quão problemático isso é”, opina Mangabeira. “Britney também foi privada do acesso à internet ao longo dos anos. Não acompanhou a evolução das redes sociais, as regras de etiqueta. Não vai ter o comportamento que a sociedade espera que ela tenha. Só peço que as pessoas tenham o mínimo de empatia com alguém que passou 13 anos nessa situação.”

Elton John

Depois de seis anos sem gravar, Britney Spears está de volta aos estúdios. De acordo com relatos dos sites Page Six e TMZ, a cantora gravou na semana passada um dueto com Elton John para o lançamento de uma nova versão de “Tiny Dancer”, hit de 1971 do músico britânico.

Segundo o Page Six, a gravação foi produzida pelo vencedor do Grammy Andrew Watt, que já trabalhou com artistas tão diferentes quanto Miley Cyrus, Justin Bieber, Pearl Jam e Ozzy Osbourne, e será lançada pela Universal Music no próximo mês.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Elon Musk nega caso com mulher de cofundador do Google
Facebook anuncia fim de rede social dedicada a casais
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play