Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Pai de Neymar diz já ter ajudado Daniel Alves e que assunto “hoje não nos compete mais”

O pai do jogador Neymar Jr. disse nesta quinta-feira (21) que uma ajuda financeira para Daniel Alves é um assunto que “não nos compete mais”.

A afirmação foi feita em meio a especulações da imprensa espanhola de que Neymar pai ajudaria o ex-lateral do Barcelona a pagar a fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões) imposta pela Justiça espanhola para que ele seja colocado em liberdade provisória.

Em comunicado divulgado em suas redes sociais, o pai de Neymar Jr. confirmou ainda que ele pagou uma indenização à vítima de Daniel Alves imposta pela Justiça no ano passado, o pagamento, no valor de 150 mil euros (cerca de R$ 810 mil), foi o fator que fez os juízes na Espanha atenuarem a pena de Daniel Alves.

Em vez de nove anos de prisão, como pedia o Ministério Público espanhol, a Justiça sentenciou quatro anos e seis meses de prisão.

“Como é do conhecimento de todos, em um primeiro momento, ajudei Dani Alves, sem nenhum vínculo com qualquer processo. Neste segundo momento, em uma situação diferente da anterior, em que a justiça espanhola já decidiu pela condenação, estão especulando e tentando associar o meu nome e do meu filho a um assunto que hoje não nos compete mais. Espero que o Daniel encontre junto à sua própria família todas as respostas que ele procura. Para nós, para minha família, o assunto terminou”, escreveu Neymar pai.

Na quarta-feira (20), a Justiça espanhola acatou um pedido da defesa de Daniel Alves, condenado em fevereiro a quatro anos e seis meses de prisão por estupro, para que ele aguardasse em liberdade a um recurso à sentença.

No entanto, os juízes colocaram como condição para que ele ficasse em liberdade o pagamento de uma fiança no valor de 1 milhão de euros. Até o prazo final para o depósito nesta quinta-feira, a Justiça ainda não havia recebido o valor, e Alves seguirá preso até pelo menos a manhã de sexta-feira (21).

Daniel Alves está preso no presídio de Brians 2, um complexo presidencial a 40 quilômetros de Barcelona, onde tem uma casa. O brasileiro comprou a residência quando jogava pelo Barcelona. Sua esposa, a modelo espanhola Joana Sanz, vive atualmente na residência, segundo a imprensa espanhola. Daniel Alves foi condenado após os juízes entenderem que ele estuprou uma mulher no banheiro de uma boate de Barcelona, na Espanha, em 30 de dezembro de 2022.

A mulher denunciou o ex-jogador com a ajuda dos funcionários da boate, que ativaram um protocolo da prefeitura local contra casos de abuso sexual e estupro.

Ele foi preso preventivamente em janeiro de 2023, e aguardou na prisão o julgamento, que aconteceu em janeiro de 2024.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Reprovação do governo Lula empata com a aprovação, revela pesquisa Datafolha
Médico brasileiro faz primeiro transplante de rim de porco para humano nos Estados Unidos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play