Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Pelé se solidariza com Bruninho, menino de 9 anos que foi hostilizado pela torcida do Santos: “Você não precisa pedir desculpas”

Eterno Rei do Futebol, Pelé também se solidarizou com o Bruninho, torcedor mirim do Santos que foi hostilizado pela torcida do próprio clube. No último domingo (7), no clássico contra o Palmeiras, o jovem, de apenas 9 anos, pediu a Jailson, goleiro do alviverde, a camisa do jogador, que concordou em dar o item à criança.

A atitude do menino causou indignação em alguns torcedores, que foram cobrar explicações ao pai e ao garoto por querer a camisa do rival. A polícia teve de conter os ânimos, apesar de a maioria ter ficado a favor de Bruninho.

“Bruninho, você não precisa pedir desculpas por ser apaixonado por futebol. O nosso esporte é lindo, mas seria melhor se todos torcedores tivessem o seu coração. Como pode ver na foto, eu também tinha meu ídolo no Palmeiras, viu? Seja sempre feliz!”, escreveu Pelé, por meio do Twitter, ao postar uma foto com Vavá, jogador palmeirense conhecido como Peito de Aço, campeão mundial em 1958 e 1962.

O vídeo repercutiu nas redes sociais e Bruninho publicou um pedido de desculpas. O menino explicou que gosta muito dos goleiros do Palmeiras, mas reafirmou que não é palmeirense. Ele disse que devolveria a camisa para que parassem de xingá-lo pelo gesto. Além dos xingamentos, o garoto recebeu apoio nas redes de outros santistas e torcedores de outros clubes.

Na terça-feira (9), o Santos convidou Bruninho para assistir ao jogo contra o Bragantino de um dos camarotes da Vila Belmiro, nesta quarta-feira. O garoto ganhou uma camiseta do time e se encontrou com jogadores. Em nota, o clube lamentou o caso.

“O Santos FC já entrou em contato com Moises, o pai do Bruno do Nascimento, para minimizar o impacto dos transtornos causados por poucos torcedores exaltados no final do jogo com o Palmeiras. Para manter sua paixão pelo Peixe, Bruninho foi convidado para assistir ao jogo com o Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira na Vila Belmiro, desta vez no camarote. O Clube não compactua com qualquer tipo de violência e se solidariza com a criança, que é um dos mais novos Meninos da Vila, conhecido pelo elenco, por sempre estar apoiando o time no portão do CT Rei Pelé.”

Mais cedo, outros nomes do futebol também saíram em defesa de Bruninho; entre eles, Gabigol e Neymar. As informações são do jornal O Globo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de futebol

Conheça Thauan Lara, promessa do Inter que foi relacionado pela primeira vez para o profissional
Dentinho tem reencontro emocionante com Dani Souza e filhos no Brasil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play