Terça-feira, 18 de janeiro de 2022

loader

Polícia investiga fraude cometida por servidor contra departamento, em Porto Alegre

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (28), operação que investiga uma suposta fraude que estaria sendo praticada por um servidor público contra o DEMHAB (Departamento Municipal de Habitação de Porto Alegre). Denominada de operação “Falsa Palavra” apura a prática de crimes de peculato, concussão, falsidade ideológica e falsificação de documento público.

A ofensiva cumpre mandados de busca e apreensão em dois endereços residenciais na Capital. A ação conta com o emprego de 12 policiais civis em quatro viaturas.

A denúncia foi apresentada à Polícia Civil pela direção do DEMHAB, a qual relata supostas fraudes praticadas por empregado público que estaria levando a efeito práticas consistentes em cobranças de parcelas de financiamentos imobiliários de mutuários e de oferecimento de vantagens sem base legal, a pretexto de providenciar a quitação de bens imóveis em nome do departamento. O servidor estaria utilizando documentos fraudados e simulados, como se legítimos fossem, ludibriando pessoas vulneráveis.

As buscas têm por objetivo a apreensão de documentos de interesse às investigações, buscando identificar a responsabilidade de todos os envolvidos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Governo gaúcho quita as três parcelas restantes do 13º de 2020
Prefeitura e CEEE iniciam a retirada de cabos irregulares no bairro Sarandi, na Zona Norte de Porto Alegre
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play