Sábado, 13 de abril de 2024

Porto Alegre já conta com mais de 340 controladores semafóricos sem fio

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realizou a migração de mais da metade dos controladores previstos para receber tecnologia sem cabo (4G ou fibra). Dos 634 previstos, 347 já foram modernizados, contemplando 557 locais semaforizados.

A ação integra o programa Sinal Verde, lançado pela prefeitura em outubro de 2023, e tem como objetivo melhorar a comunicação dos pontos com a central semafórica. “A qualificação proporciona um tráfego com menos congestionamento, gerando maior fluidez, principalmente nas vias mais movimentadas de Porto Alegre”, afirmou a EPTC.

Além da nova tecnologia, a prefeitura investe em nobreaks. Já foram instalados 39, totalizando 106, os quais contemplam 208 cruzamentos semaforizados. Nos próximos meses essa ampliação vai alcançar 140 nobreaks.

“A modernização com o aumento da comunicação dos semáforos com a nossa central possibilita um melhor controle do sistema semafórico e reflete em maior fluidez do trânsito. Esses investimentos têm como principal foco a otimização do tempo dos deslocamentos dos veículos nas vias de Porto Alegre”, destaca o diretor-presidente da EPTC, Pedro Bisch Neto.

As sinaleiras de pelo menos 59 vias já foram atualizadas. Os próximos equipamentos a receberem a modernização estão na Baltazar de Oliveira Garcia.

Programa Sinal Verde

Porto Alegre tem em torno de 1.430 locais semaforizados, com 11.072 semáforos, os quais são gerenciados por cerca de 900 controladores. Desde o começo do governo, foram investidos R$ 12,65 milhões na modernização do parque, sendo R$ 9,5 milhões nesta etapa, que inclui 634 dos 900 controladores semafóricos existentes na Capital.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

“A Vale não pode pensar que é dona do Brasil”, diz Lula
Após repercussão negativa, PL destituirá assassino de Chico Mendes do comando do partido no Pará
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play