Terça-feira, 18 de junho de 2024

Presidente do Banco Central diz que o processo de queda da inflação ainda não acabou, mas é lento

O presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, afirmou que o processo de desinflação ainda não terminou no Brasil, mas tem ritmo lento. Ele falou em participação gravada para um evento internacional.

“Estamos vendo uma reversão [inflacionário] do processo no Brasil, mas em um ritmo muito desacelerado. Pensamos que o processo de desinflação não terminou e precisamos fazer a inflação convergir para a meta“, disse.

Campos Neto disse ainda que o BC brasileiro foi um dos primeiros a identificar a chegada de uma inflação de demanda e subir as taxas de juros para controlá-la. A Selic está em 13,75% desde agosto de 2022.

Em seus comentários ao Global Emerging Markets Summit 2023, Campos Neto também falou brevemente sobre os planos do BC para a digitalização dos bancos. Segundo o presidente no Brasil este processo “tem muitos blocos”.

Segundo o presidente, o próximo passo para o Brasil é avançar com o Real digital (da sigla em inglês CBDC, Central Bank Digital Currency) e “inserir o conceito de tokenização no balanço dos bancos”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Vice-presidente da República anuncia desconto em impostos para carros de até R$ 120 mil
Rio Grande do Sul reúne comunidade cultural em audiência pública sobre a Lei Paulo Gustavo
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play