Sábado, 25 de junho de 2022

loader

Preso dono de mercado que usava local como ponto de tráfico em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre

Uma operação da Polícia Civil, deflagrada nesta quinta-feira (07), culminou na prisão do dono de um mercado que usava o estabelecimento como ponto de tráfico em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Além do líder da quadrilha, foram detidos dois comparsas. Para ocultar o esquema, eles vendiam lanches por tele entrega à noite.

Segundo a investigação que deu origem à força-tarefa, batizada de “Ultimato”, o grupo é um dos maiores fornecedores de cocaína da Região Metropolitana. O fornecedor dava preferência à venda em grande quantidade, consolidando uma clientela de bom poder aquisitivo, mas também atuava em negociações diretas.

Esta não foi a primeira ofensiva contra a organização criminosa. Ao todo, 25 envolvidos no esquema já foram presos. Parte da cocaína vendida pelo grupo era adulterada, para que ficasse em um formato de pedra. Desta forma, os usuários acreditavam que a droga era mais pura do que o normal – e pagavam mais caro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Parcelamento facilitado para contribuintes do Simples Nacional negocia R$ 18,5 milhões em débitos
Secretaria da Agricultura emite segundo alerta sanitário sobre aumento de focos de raiva herbívora no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play