Domingo, 25 de fevereiro de 2024

Príncipe Harry investiga morte da mãe Diana para sua biografia

O príncipe Harry, que está preparando sua biografia, investiga por conta própria a morte da mãe, a princesa Diana. O Duque de Sussex tem buscado informações sobre o acidente fatal, que aconteceu há 25 anos, para usar na obra, que deve ser lançada no final deste ano.

De acordo com o site britânico The Sun, espera-se que a publicação, escrita pelo jornalista JR. Moehringer, foque na angústia dele após a morte da mãe em agosto de 1997, quando ela tinha apenas 36 anos, após um acidente de carro em Paris, na França.

Ainda segundo o site, uma fonte que esteve envolvida na investigação original do acidente contou que existem abordagens que sugerem que o príncipe Harry está intensamente focado em obter mais informações sobre a morte de sua mãe. “Há muitas pessoas na França que se lembram da noite do acidente. É normal que o filho de Diana queira aprender mais sobre isso para seu livro”, disse.

Antes de começar a escrever o livro, há cinco anos, Harry convidou amigos de Diana para compartilhar memórias e fotografias privadas dela. No passado, ele também já culpou o acidente que levou a morte de sua mãe por problemas psicológicos que teve, os quais buscou refugio em drogas e bebidas.

O livro de memórias de Harry não deve trazer críticas a sua avó, a rainha Elizabeth. No entanto, a imprensa britânica acredita que o pai, Charles, e o irmão, William, devem ser citados quando o assunto for a saída de Harry e de sua esposa, a duquesa de Sussex, Megan Markle, das funções e deveres da Família Real Britânica. O anuncio oficial aconteceu em janeiro de 2020.

Dodi Fayed, namorado de Lady Di; e o motorista Henri Paul também faleceram no acidente. Somente o segurança, Trevor Rees-Jones, sobreviveu, mas teve ferimentos graves. Na época, a justiça francesa concluiu que o motorista estava embriagado e perdeu o controle ao dirigir em alta velocidade. O carro bateu em um túnel da capital francesa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Reino Unido é o primeiro país a aprovar vacina adaptada para a Ômicron
Motoristas devem ficar alertas para obras e serviços em 15 rodovias nesta semana no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play