Domingo, 05 de dezembro de 2021

loader

Roberta Miranda volta aos palcos para comemorar 35 anos de carreira

Roberta Miranda se arrepende de não ter estreitado mais os laços de amizade com Marília Mendonça, que morreu aos 26 em um acidente aéreo no dia 5 de novembro e com quem gravou Os tempos mudaram. Pioneira no sertanejo feminino, em 2017, a paraibana escolheu a composição de sua autoria para cantar com a Rainha da Sofrência e iniciar o projeto de seu DVD de 30 anos de carreira.

“Sou uma pessoa muito estranha, de formação mesmo, é meu isso. Por exemplo, ligo para alguém uma vez, duas vezes…. Se eu perceber que estou incomodando, eu não ligo mais. Então hoje me arrependo de não ter estreitado essa amizade com Marília. Ela participou do meu DVD, depois de um mês saí de São Paulo e fui ao aniversário dela. Trocamos telefone e ficamos de nos falar. Mas aí a vida dela carregou ela para lá, a minha me carregou para cá e foi um baque [a morte precoce de Marília]”, lamenta a cantora, de 63 anos, que se apresenta em São Paulo no sábado (20), na casa Tom Brasil.

A cantora vai homenagear Marília no show em que celebra seus 35 anos de carreira. My Life é dirigido por Jorge Farjalla. “Marília e eu tivemos uma história breve, mas foi linda. O encontro no palco no meu DVD, nossa música inédita, cantando juntas… Choramos muito, nos encontramos, é como disse na televisão: ‘me vejo parte dela, quando a via nesse momento, nessa loucura, tinha ali um pedacinho de mim e sempre tive muito carinho por ela. Além de ser indelicado, seria um pouco negado da minha parte se não fizesse uma homenagem para ela”, explica.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Música

Marília Mendonça estampa capa inédita da Forbes com Maiara e Maraisa
Luan Santana curte Angra com a namorada e “baba”
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play