Segunda-feira, 04 de julho de 2022

loader

Romildo não descarta mudança no Departamento de Futebol caso Grêmio não vença Cuiabá

Na manhã desta quarta-feira (06), o presidente do GrêmioRomildo Bolzan Jr., falou em entrevista na Rádio Grenal, antecedendo o confronto diante do Cuiabá. O mandatário tricolor comentou sobre diversos assuntos que rondaram os últimos dias no ambiente gremista. Atualmente, o clube gaúcho está na zona do rebaixamento no Brasileirão.

Romildo foi claro ao falar sobre o placar que espera diante dos mato-grossenses. “Nós não temos resultado possível que não seja a vitória”, ressaltou. Além disso, questionado sobre uma afirmação do Departamento de Futebol em virtude de um resultado diferente dos três pontos, o presidente gremista não garantiu: “Não sei o que vai acontecer depois do jogo, como vai ser o jogo”.

A derrota para o Sport, na Arena, no último domingo, deixou os gremistas preocupado, tendo em vista que uma vitória era tida como muito importante na luta para sair da zona da degola. Romildo Bolzan avaliou como decepcionante o revés para os pernambucanos, porém ressaltou o poder de resignação do plantel. “O importante neste momento é estar com a cabeça limpa para esse jogo de hoje”, completou.

“Contrangedor”, foi assim que Romildo Bolzan definiu o momento gremista. Porém, apesar da péssima campanha na competição nacional, o mandatário compadeceu acerca das críticas feitas ao vice-presidente de futebol, Marcos Herrmann. “Fico muito solidário ao Marcos, ele tem sido um grande companheiro, um grande vice de futebol”, avaliou.

Diante do Sport, o confronto marcou a volta do público a Arena após 570 dias. Mas Romildo criticou as vaias que direcionaram Ferreira durante a partida: “Eu não posso avaliar o que passa na cebeça do torcedor em relação ao Ferreira, mas eu posso falar que não ajuda nada”. O atacante foi substuído aos 31 minutos para a entrada de Éverton Cardoso.

O nome de Campaz também foi posto em pauta durante a entrevista. O colombiano recebeu bons minutos contra o Sport e foi elogiado por Felipão, após a partida. Romildo Bolzan também enalteceu o momento no clube gaúcho. “Nós contratamos ele pra ser titular. Creio eu que será um ídolo do Grêmio logo ali na frente”.

Questionado sobre o trabalho feito para retirar o clube gaúcho da zona da degola, o presidente respondeu: “O que me preocuparia seria exatamente a omissão, a não iniciativa de fazer algo diferente”. E completou sobre o tema: “Eu vejo nesse momento um processo muito tranquilo de recuperação”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Grêmio x Cuiabá: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Após julgamento, Diego Souza é absolvido e não será desfalque para o time do Grêmio
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play